SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número2Terapia fonológica considerando as variáveis linguísticasAdaptações do sistema estomatognático em indivíduos com desproporções maxilo-mandibulares: revisão da literatura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

versão On-line ISSN 1982-0232

Resumo

FLABIANO, Fabíola Custódio; BUHLER, Karina Elena Cadioli Bernardis  e  LIMONGI, Suelly Cecilia Olivan. Desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva em um par de gêmeos dizigóticos: influência da síndrome de Down e da prematuridade associada ao muito baixo peso. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2009, vol.14, n.2, pp.267-274. ISSN 1982-0232.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342009000200020.

O objetivo deste estudo foi descrever o desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva de uma criança com síndrome de Down (SD) e seu gemelar, ambos nascidos pré-termo muito baixo peso (PTMBP), observando a influência da SD e da prematuridade associada ao muito baixo peso no processo de desenvolvimento durante o período sensório-motor. Participaram deste estudo um par de gêmeos dizigóticos, ambos do sexo masculino, nascidos PTMBP, sendo que apenas um apresentava SD. A idade inicial dos sujeitos foi de sete meses e quatro dias de idade cronológica e quatro meses e 21 dias de idade corrigida, considerando que nasceram com 29 semanas de gestação, pesando menos de 1500g. Os sujeitos foram acompanhados durante 12 meses em sessões quinzenais de 45 minutos e os dados foram registrados mensalmente em vídeo. O Protocolo para Observação do Desenvolvimento Cognitivo e de Linguagem Expressiva (PODCLE) foi utilizado para coleta e análise dos dados. Foram observadas diferenças significativas entre os gêmeos com relação ao desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva. Apesar de apresentar melhor desempenho, o gemelar que não apresentava SD demonstrou um atraso importante, considerando-se as referências em relação ao desenvolvimento típico, evidenciando a influência da prematuridade associada ao muito baixo peso no desenvolvimento de linguagem e cognição. Os resultados obtidos para o outro gemelar sugerem que a SD levou ao aumento significativo deste atraso. A SD e a prematuridade associada ao muito baixo peso são condições que interferiram de forma negativa no desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva apresentado pelo par de gêmeos estudado.

Palavras-chave : Cognição; Linguagem; Gêmeos dizigóticos; Síndrome de Down; Prematuro; Recém-nascido de baixo peso; Relatos de casos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons