SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue3The role of the extralinguistic variables age and sex in the development of syllabic codaSpeech evaluation instrument for acoustical analysis based on linguistic criteria author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

On-line version ISSN 1982-0232

Abstract

MURPHY, Cristina Ferraz Borges; PAGAN-NEVES, Luciana de Oliveira; SCHOCHAT, Eliane  and  WERTZNER, Haydée Fiszbein. Análise acústica de características temporais de consoantes no Português Brasileiro. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2009, vol.14, n.3, pp. 300-304. ISSN 1982-0232.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342009000300004.

OBJETIVO: Analisar acusticamente as consoantes plosivas /p, b, t, d, k, g/ e fricativas /f, v, s, z,∫,/ do Português Brasileiro em relação às variáveis duração, frequência e variação de oitavas por segundo. MÉTODOS: A produção de palavras contendo os sons-alvo foi analisada por meio de uma prova de imitação de palavras. Cada participante, com idades entre oito e dez anos repetiram uma série de palavras isoladas retiradas de uma lista foneticamente balanceada para o Português Brasileiro. Os parâmetros analisados foram: duração do som-alvo (fricativo ou plosivo) e valores das frequências inicial e final do F2 medidos em Hz. A partir destes valores foi calculada a variação de oitavas por segundo presente no F2 de cada consoante e, posteriormente, foi realizada a média para todos os sons. RESULTADOS: Quanto à duração das consoantes, os valores variaram entre 31 ms e 170,5 ms. Em relação ao F2, os valores variaram entre 2617 Hz na frequência inicial da plosiva sonora /b/, até 4557 Hz, valor médio da frequência inicial observado na fricativa sonora /z/. Em relação à variação de oitavas por segundo presentes no F2, a maior variação foi encontrada para a plosiva surda /p/ (16,23 oitavas por segundo) e a menor para a fricativa surda /S/ (1,624 oitavas por segundo). Considerando a média para todos os sons-alvo analisados, o valor encontrado foi de aproximadamente 6,8 oitavas por segundo. CONCLUSÃO: Os valores observados serão úteis para a elaboração de testes e de treinamentos auditivos contendo estímulos auditivos não-verbais semelhantes às características temporais presentes no Português Brasileiro.

Keywords : Percepção auditiva; Linguagem; Acústica; Fala.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese