SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Characterization of the symbolic abilities of children with Down syndromeStudents with autistic spectrum disorders in the interaction with teachers in inclusive education: description of pragmatic skills author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

Print version ISSN 1516-8034

Abstract

BEFI-LOPES, Debora Maria  and  RONDON, Silmara. Características iniciais da comunicação verbal de pré-escolares com Alterações Específicas do Desenvolvimento da Linguagem em fala espontânea. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2010, vol.15, n.3, pp. 415-420. ISSN 1516-8034.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342010000300017.

OBJETIVO: Verificar desempenho fonológico de pré-escolares com Alterações Específicas do Desenvolvimento da Linguagem (AEDL) em fala espontânea. MÉTODOS: Foram sujeitos 27 crianças com AEDL, entre três anos e cinco anos e 11 meses, em tratamento fonoaudiológico. Foram selecionados aqueles que realizaram ao menos 50% da avaliação da fonologia a partir de provas de nomeação e imitação de palavras, ou que apresentaram inteligibilidade de fala passível de análise. Foram coletadas amostras de fala na prova de pragmática e no discurso eliciado por figuras. Foram realizadas análises a partir da utilização de processos fonológicos do desenvolvimento de linguagem (PD) e idiossincráticos (PI). RESULTADOS: A estatística descritiva (médias de PD e PI) indicou grande variabilidade intra-grupos. Não houve variação em número de processos conforme a idade (PD: p=0,38; PI: p=0,72), porém houve predominância de PD em todas as idades, nas duas provas aplicadas (Z=-6,327; p<0,001). A ocorrência de PD e PI foi maior na prova de pragmática (p<0,001), situação em que o número de palavras produzidas também foi maior (T-valor=8,93; p=0,000). CONCLUSÃO: A grande variabilidade intra-grupo confirma a heterogeneidade dos quadros de AEDL. Pode-se atribuir a ininteligibilidade, que dificulta a avaliação da linguagem expressiva desses sujeitos, à ocorrência de PD e PI concomitantemente. Ademais, a interação desenvolvida durante a prova de pragmática mostrou-se mais efetiva para a obtenção de amostra de fala espontânea para a análise da fonologia, além de confirmar a existência de grandes dificuldades relacionadas à elaboração de idéias e sua expressão em sujeitos com AEDL.

Keywords : Desenvolvimento da linguagem; Fala; Avaliação; Criança; Pré-escolar.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese