SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Group therapy approach with mothers of children with language impairmentThe role of gestures in oral language development of typically developing children and children with Down syndrome author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

Print version ISSN 1516-8034

Abstract

VENSON, Crisiane; FUJINAGA, Cristina Ide  and  CZLUNIAK, Gilsane Raquel. Estimulação da sucção não nutritiva na "mama vazia" em bebês prematuros: relato de casos. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2010, vol.15, n.3, pp. 452-457. ISSN 1516-8034.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342010000300022.

Atualmente, o leite materno é o principal alimento a ser oferecido ao pré-termo segundo as recomendações de organizações nacionais e internacionais de proteção, apoio e incentivo ao aleitamento materno. O uso de mamadeiras e chupetas é desaconselhável por provocar confusão de bicos e aumentar o desmame precoce. A literatura aponta a sucção na "mama vazia" como um método alternativo de estimulação da sucção não nutritiva em prematuros. O objetivo deste relato de casos é descrever a sucção na "mama vazia" em prematuros quanto ao tempo de utilização de sonda gástrica, tempo de internação hospitalar, ganho de peso e prevalência do aleitamento materno exclusivo na alta hospitalar. Trata-se de estudo de caso. A amostra foi composta por 19 prematuros com idade gestacional média de 32 semanas assistidos na Unidade de Cuidados Intensivos da instituição de origem, que receberam a estimulação na "mama vazia". Quando a mãe estava ausente, foi realizada a estimulação com dedo mínimo enluvado. Para análise dos dados, utilizou-se estatistica descritiva. Verificou-se que os prematuros permaneceram em média 22 dias utilizando a sonda gástrica. Com relação ao tempo de internação hospitalar, os bebês permaneceram em média 30 dias internados. O ganho de peso foi em média 23 gramas/dia. A prevalência do aleitamento materno na alta hospitalar foi de 100%. Percebe-se que a sucção não nutritiva na "mama vazia" pode ser um método eficaz no aumento da prevalência do aleitamento materno na alta hospitalar e como uma técnica alternativa de estimulação da sucção não-nutritiva.

Keywords : Prematuro; Comportamento de sucção [fisiologia]; Mama; Aleitamento materno; Ganho de peso; Relações mãe-filho.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese