SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número2Perfil pragmático longitudinal de uma criança no espectro da neuropatia auditiva índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

versão On-line ISSN 1982-0232

Resumo

PENTEADO, Regina Zanella  e  RIBAS, Tânia Maestrelli. Processos educativos em saúde vocal do professor: análise da literatura da Fonoaudiologia brasileira. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2011, vol.16, n.2, pp.233-239. ISSN 1982-0232.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342011000200020.

Este artigo de revisão analisa os processos educativos das ações coletivas de saúde vocal do professor descritas na literatura fonoaudiológica brasileira. O material de análise foi constituído por 63 publicações referentes a intervenções de caráter coletivo, no período entre 1994 e 2008. A análise focaliza a distribuição das publicações ao longo do tempo; a caracterização do tipo de processo educativo (unilateral ou dialógico, democrático, participante e problematizador); os temas/conteúdos abordados; a forma de desenvolvimento (pontual ou processual); e a organização das ações (centrada no indivíduo ou ampliada para as questões do trabalho). Nota-se que 74% das ações foram desenvolvidas de maneira processual, como cursos, oficinas ou vivências de voz, sendo que o tempo de duração de cada encontro variou entre 20 minutos e quatro horas. O caráter de 79% das estratégias educativas é unilateral, incompatível com propostas orientadas pela perspectiva da promoção da saúde. Prevaleceram os temas e conteúdos: hábitos/comportamentos vocais e cuidados de higiene/saúde vocal (71%); aquecimento e desaquecimento, exercícios e técnicas vocais (50%); anatomia e fisiologia da produção vocal e SSMO (44%); parâmetros vocais (23%); ambiente de trabalho (22%) e uso da voz, comunicação e expressividade (20%). O foco do processo educativo recaiu sobre o indivíduo (100%), em geral de maneira desarticulada das condições de trabalho, saúde e qualidade de vida. Aspectos do ambiente de trabalho foram contemplados em apenas 17%; a organização do trabalho docente em 6% e a comunidade escolar em 1%. Há necessidade de organização e revisão das formas de desenvolvimento, dinâmicas, estratégias, temas e conteúdos, tipo e foco do processo educativo das ações coletivas em saúde vocal docente, na perspectiva da promoção da saúde.

Palavras-chave : Voz; Treinamento da voz; Educação em saúde; Promoção da saúde; Saúde pública; Saúde do trabalhador; Docentes.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons