SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número4O fonema /r/ e as alterações do sistema estomatognático, idade, gênero e gravidade no desvio fonológicoA habilidade de atenção auditiva sustentada em crianças com fissura labiopalatina e transtorno fonológico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

versão On-line ISSN 1982-0232

Resumo

ALBIERO, Jamile Konzen et al. Média dos valores da frase em crianças com desvio fonológico evolutivo. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2011, vol.16, n.4, pp. 430-435. ISSN 1982-0232.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342011000400011.

OBJETIVO: Verificar a média dos valores da frase em crianças com desvio fonológico e comparar com o padrão de referência proposto na literatura. MÉTODOS: A amostra foi constituída de 16 crianças com desvio fonológico, sendo sete do gênero feminino e nove do gênero masculino, com idades entre 4 anos e 5 meses e 7 anos e 7 meses. Após a confirmação do diagnóstico de desvio fonológico evolutivo, os sujeitos foram submetidos à avaliação da linguagem por meio da pesquisa da média dos valores da frase, proposta na literatura. Nessa avaliação, por meio de três diferentes modalidades de enunciação da linguagem, foram coletadas as cinco primeiras frases faladas pelas crianças e pontuadas de acordo com a sua complexidade, sendo atribuídos pesos diferentes aos elementos sintáticos e aos elementos lexicais de cada frase. RESULTADOS: Quando comparadas com as crianças de referência, as crianças com desvio fonológico evolutivo apresentaram valores inferiores em todas as variáveis analisadas, sendo a diferença significativa. O mesmo foi observado quando o grupo foi dividido em faixas etárias, porém, nas faixas de 5 a 7 anos algumas modalidades analisadas não apresentaram diferenças significativas. CONCLUSÃO: Conforme este estudo, crianças com diagnóstico de desvio fonológico evolutivo podem apresentar prejuízos em outros subsistemas da linguagem como o semântico e o morfossintático, sendo estes mais evidentes nas faixas etárias iniciais.

Palavras-chave : Distúrbios da fala; Patologia da fala e linguagem; Linguagem infantil; Pré-escolar; Criança; Semântica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês