SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número1Fones de inserção: aplicação no colabamento de meato acústico externoAudição de violinistas profissionais: estudo da função coclear e da simetria auditiva índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

versão impressa ISSN 1516-8034

Resumo

CARMO, Michele Picanço do; ALMEIDA, Mabel Gonçalves  e  LEWIS, Doris Ruthy. Timpanometria com tons teste de 226 Hz e 1 kHz em um grupo de lactentes com indicadores de risco para deficiência auditiva. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2012, vol.17, n.1, pp. 66-72. ISSN 1516-8034.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342012000100013.

OBJETIVO: Analisar os resultados da timpanometria com tom teste de 226 Hz e 1 kHz em lactentes até 6 meses de idade e relacionar com a faixa etária e com os resultados das Emissões Otoacústicas por Estímulo Transiente (EOAT). MÉTODOS: A amostra consistiu de 142 lactentes com indicadores de risco para deficiência auditiva que passaram no Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico - Automático (PEATE-A). Estes foram submetidos à timpanometria com tom teste de 226 Hz e 1 kHz e à triagem auditiva por meio das EOAT e do PEATE-A. Os lactentes foram divididos por faixa etária (de 0-90 dias e 91-180 dias) e em grupos 1 e 2, segundo presença ou ausência de EOAT, respectivamente. As curvas timpanométricas foram classificadas em tipos A, Plana, C, Duplo Pico (DP), Assimétrica (ASS) e Invertida (I), e como normal ou alterada. RESULTADOS: Foram analisadas 245 orelhas. A curva do tipo A foi predominante nos dois tons testes e nos dois grupos. Ao analisar os tipos de curva, de acordo com a idade, verificou-se que o tipo A apresentou maior ocorrência, seguida do tipo DP nos lactentes menores de 90 dias e da Plana, nos maiores de 90 dias. O tom de 1 kHz apresentou 74,01% de sensibilidade e 83,94% de especificidade; já o de 226 Hz, 24,00% de sensibilidade e 90,80 % de especificidade. CONCLUSÃO: O tom teste de 1 kHz foi o mais sensível para identificar alterações de orelha média e, portanto, o mais adequado para avaliar lactentes até os seis meses de idade.

Palavras-chave : Audição; Testes de impedância acústica; Orelha média; Lactente; Emissões otoacústicas espontâneas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês