SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue2Acute Myeloid Leukemia t(8;21) after treatment for hyperthyroidism using radioactive iodine: Secondary Leukemia? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia

Print version ISSN 1516-8484

Abstract

CANCADO, Rodolfo D. et al. Uso do dietil-estilbestrol no tratamento do priaspismo em pacientes com doença falciforme - Relato de dois casos e uma a revisão da literatura. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. [online]. 2002, vol.24, n.2, pp. 139-143. ISSN 1516-8484.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-84842002000200011.

Priapismo é a ereção dolorosa e persistente do pênis, associado ou não ao estímulo sexual. A prevalência de priapismo em pacientes com doença falciforme é de 2% a 11%, embora estudos retrospectivos tenham demonstrado que 30% a 45% dos pacientes relatam um ou mais episódios de priapismo. Priapismo prolongado é uma emergência urológica que requer intervenção urgente a fim de evitar fibrose irreversível do pênis e impotência. Diversos procedimentos terapêuticos, incluindo: hidratação, analgesia, eritrocitaférese, vasodilatadores, hidroxiuréia, hormônios (dietil-estilbestrol), aspiração do corpo cavernoso e administração local de drogas vasoativas, e tratamento cirúrgico (fístula caverno-esponjosa) têm sido propostos no tratamento do priapismo em pacientes com doença falciforme. O objetivo deste relato é descrever dois casos clínicos de pacientes com doença falciforme e priapismo que não responderam ao tratamento clínico e hemoterápico, mas obtiveram resolução completa dos episódios agudos com o uso do dietil-estilbestrol.

Keywords : Priapismo; dietil-estilbestrol.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese