SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número3Leucemia mielóide aguda: o olhar dos anos 2000 no Serviço de Hematologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre-RSCusto médio do Módulo de Coleta de sangue total pelo método ABC índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia

versão impressa ISSN 1516-8484versão On-line ISSN 1806-0870

Resumo

SEKINE, Leo; WIRTH, Letícia F.; FAULHABER, Gustavo A. M.  e  SELIGMAN, Beatriz G. S.. Análise do perfil de solicitações para transfusão de hemocomponentes no Hospital de Clínicas de Porto Alegre no ano de 2005. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. [online]. 2008, vol.30, n.3, pp.208-212. ISSN 1516-8484.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-84842008000300009.

O uso de hemocomponentes em hospitais de alta complexidade é elevado, sendo necessário controle e racionalização de sua utilização, dada sua escassez e alto custo. Para tal, muitos hospitais desenvolveram protocolos para uso de hemocomponentes. O objetivo deste trabalho foi descrever as características epidemiológicas das solicitações de hemoderivados e sua adequação em conformidade ao protocolo vigente no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Por meio de estudo retrospectivo transversal, foram avaliadas a freqüência de transfusões e suas indicações no ano de 2005 em três áreas (Internação Clínica, Cirúrgica e Centro de Terapia Intensiva). Analisaram-se as justificativas de cada solicitação em conformidade com o protocolo vigente. Foram identificadas 12.175 solicitações de hemoderivados no ano de 2005. O hemocomponente mais solicitado foi o concentrado de hemácias (6.578 solicitações), seguido do concentrado de plaquetas (4.133), plasma fresco (1.296) e do crioprecipitado (168). As perdas representaram 2,96% dos eventos. As três áreas foram responsáveis por 59,77% das solicitações de hemocomponentes. A internação clínica apresentou 85,57% de solicitações em conformidade com o protocolo, seguida da CTI com 81,4% e da cirurgia com 71,42%. A maioria das solicitações de hemocomponentes esteve de acordo com o protocolo da instituição no ano de 2005. A internação clínica teve o perfil mais adequado de solicitações no ano de 2005, seguida do CTI e, por fim, da internação cirúrgica.

Palavras-chave : Transfusão de sangue; transfusão de plaquetas; crioprecipitados; protocolo clínico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons