SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número2Antifeedant activity of Melia azedarach (L.) extracts to Diabrotica speciosa (Genn.)(Coleoptera: Chrysomelidae) beetlesLongitudinal distribution of Hypostomus punctatus (Osteichthyes, Loricariidae) in a coastal stream from Rio de Janeiro, Southeastern Brazil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Brazilian Archives of Biology and Technology

versão impressa ISSN 1516-8913

Resumo

MOREIRA, Míriam F.; APPEZZATO-DA-GLORIA, Beatriz  e  ZAIDAN, Lilian B.P.. Anatomical aspects of IBA-treated microcuttings of Gomphrena macrocephala St.-Hil. Braz. arch. biol. technol. [online]. 2000, vol.43, n.2, pp. 221-227. ISSN 1516-8913.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-89132000000200012.

G. macrocephala St.-Hil.(Amaranthaceae) é uma espécie herbácea perene do cerrado com propriedades farmacológicas e ornamentais. Pode ser micropropagada através de segmentos nodais, mas as novas plantas sobrevivem por pouco tempo. O presente estudo visou relacionar os efeitos de IBA na anatomia das raízes e a resposta de aclimatização das plantas micropropagadas. Na presença de IBA, a base das microestacas forma calo e raízes adventícias espessas e quebradiças, dificultando a transferência para as condições extra vitrum. Ocorre uma frágil conexão vascular entre o sistema radicular e a microestaca, além de raízes adventícias mal formadas, com alterações no cilindro vascular e hipertrofia das células corticais. Na ausência de IBA, as microestacas não formam calo, as raízes adventícias são morfologicamente similares às de plantas obtidas de sementes e o processo de aclimatização é bem sucedido. Os resultados indicam que as características das raízes formadas podem vir a comprometer a aclimatização e o estabelecimento das novas plantas.

Palavras-chave : Gomphrena; root anatomy; in vitro rooting; indol butiric acid; vascular connection.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês