SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número4Water quality in watershed of the Jaboatão River (Pernambuco, Brazil): a case studyMeasurement of volatilized mercury by a mini-system: a simple, reliable and reproducible technique índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Archives of Biology and Technology

versão On-line ISSN 1678-4324

Resumo

CUNHA-SANTINO, Marcela Bianchessi da  e  BIANCHINI JUNIOR, Irineu. Oxygen consumption during mineralization of organic compounds in water samples from a small sub-tropical reservoir (Brazil). Braz. arch. biol. technol. [online]. 2003, vol.46, n.4, pp.723-729. ISSN 1678-4324.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-89132003000400027.

Ensaios foram realizados para avaliar o consumo de oxigênio resultante da mineralização aeróbia de diferentes compostos orgânicos: glicose, sacarose, amido, ácido tânico, lisina e glicina. Os compostos foram adicionados a 1 l de amostra de água do Reservatório do Monjolinho (22º 00 ' S; 47º 54 ' W). As concentrações de oxigênio e de carbono orgânico dissolvidos foram determinadas durante 20 dias. Os resultados foram ajustados a modelos cinéticos de primeira ordem, observou-se que durante os 20 dias de experimento o consumo de oxigênio variou de 4,5 mg.l-1 (ácido tânico) a 71,5 mg.l-1 (glicose). Os coeficientes de desoxigenação (kD) mais elevados foram observados para o ácido tânico (0,321 dia-1) seguido pela glicina, amido, lisina, sacarose e glicose (0,1004, 0,0504, 0,0486, 0,0251 e 0,0158 dia-1, respectivamente). A partir de cálculos teóricos e das concentrações de oxigênio e de carbono foram obtidas as estequiometrias dos processos de mineralização. Os valores estequiométricos variaram de 0,17 (ácido tânico) a 2,55 (sacarose).

Palavras-chave : Oxygen consumption; aerobic mineralization; Reservoir of Monjolinho (UFSCar - São Carlos, SP).

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons