SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 issue3Glucose isomerization in simulated moving bed reactor by Glucose isomeraseTransition metal rates in latosol twice treated with sewage sludge author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Archives of Biology and Technology

Print version ISSN 1516-8913

Abstract

BORZANI, Walter et al. Influence of the reactor shape on the kinetics of ethanol production in laboratory-scale batch fermentation tests carried out in unstirred vessels. Braz. arch. biol. technol. [online]. 2006, vol.49, n.3, pp. 503-514. ISSN 1516-8913.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-89132006000400019.

Estudou-se a influência da geometria de reatores não agitados na cinética de produção de etanol em experimentos de fermentação alcoólica realizados por processo descontínuo em escala de laboratório. Foram utilizados dois reatores: um cilindro graduado de 1 L e um frasco de Erlenmeyer de 2 L. Cada reator operou com 1000 mL de meio inoculado. A influência da geometria do reator foi afetada pela relação entre a concentração inicial de levedura (X0: ~ 7 g/L, ~ 14 g/L, e ~ 21 g/L, matéria seca) e a concentração inicial de glicose (S0: ~ 100 g/L, ~ 150 g/L e ~ 200 g/L). A influência da geometria do reator diminuiu quando X0/S0 aumentou de 0,038 a 0,219, tornando-se nula para X0/S0 = 0,22 a 0,24. A geometria do reator praticamente não afetou tanto o rendimento em etanol e a concentração final de levedura quanto a viabilidade e a morfologia das células em experimentos com o mesmo valor de X0/S0.

Keywords : Batch ethanol fermentation; ethanol production kinetics; reactor shape; unstirred reactor.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English