SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 número especialA bovine teat papilloma specimen harboring Deltapapillomavirus (BPV-1) and Xipapillomavirus (BPV-6) representativesValidation of a PCR Assay for Chlamydophila abortus rRNA gene detection in a murine model índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Archives of Biology and Technology

versão impressa ISSN 1516-8913

Resumo

CLAUS, Marlise Pompeo et al. Multiple bovine papillomavirus infections associated with cutaneous papillomatosis in brazilian cattle herds. Braz. arch. biol. technol. [online]. 2009, vol.52, n.spe, pp.93-98. ISSN 1516-8913.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-89132009000700013.

A papilomatose cutânea é comumente observada nos rebanhos bovinos e caracterizada pela presença de tumores proliferativos benignos causados pela infecção pelo papilomavírus bovino (BPV). Enquanto a infecção múltipla pelo papilomavírus humano (HPV) é um achado comum tanto em seres humanos saudáveis quanto em pacientes com imunodeficiência, na medicina veterinária esses relatos ainda são escassos. O objetivo desse estudo foi descrever a ocorrência de infecções múltiplas pelo BPV em rebanhos afetados pela papilomatose cutânea. Quinze papilomas foram obtidos, de pelo menos duas regiões anatômicas diferentes, de seis bovinos com papilomatose e provenientes de três rebanhos de corte localizados no estado do Paraná, Brasil. Os tipos virais presentes nas lesões foram identificados por PCR, utilizando o par de oligonucleotídeos iniciadores FAP, seguidos de sequenciamento direto ou clonagem e novo sequenciamento dos insertos. A análise das sequências obtidas permitiu a identificação do BPV-1, -2, -6 e -8, além de supostos novos tipos (BPV/BR-UEL3, BPV/BR-UEL4, e BPV/BR-UEL5), descritos anteriormente. Infecções por dois tipos diferentes de BPV foram identificadas em quatro animais (A, B, D e E) dos seis incluídos nesse estudo. A estratégia adotada neste estudo permitiu a identificação de infecção múltipla por dois ou três diferentes tipos virais do BPV no mesmo animal. Além disso, a avaliação de quatro animais de um mesmo rebanho demonstrou a presença de seis tipos virais circulantes. Esses resultados sugerem que tanto as infecções múltiplas quanto a grande diversidade viral podem ser frequentes nos bovinos, assim como o observado nos humanos. O reconhecimento da multiplicidade e complexidade das infecções pelo BPV pode colaborar para o entendimento dos aspectos epidemiológicos, clínicos e imunológicos da papilomatose cutânea nos rebanhos bovinos.

Palavras-chave : cattle; skin warts; BPV; mixed infections.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons