SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue4Antimicrobial activity of flavonoids and steroids isolated from two Chromolaena speciesCarotenoids of the cyanobacterium Synechocystis pevalekii produced under normal conditions and under nutrient limitation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas

Print version ISSN 1516-9332

Abstract

PEREIRA, Valéria Adriana et al. Influência da obesidade na farmacocinética do propranolol em pacientes submetidos à revascularização do miocárdio com circulação extracorpórea. Rev. Bras. Cienc. Farm. [online]. 2003, vol.39, n.4, pp. 409-414. ISSN 1516-9332.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-93322003000400008.

As concentrações plasmáticas e a disposição cinética do propranolol podem ser alteradas pela circulação extracorpórea (CEC). Investigou-se a influência da obesidade na farmacocinética do propranolol em pacientes submetidos à revascularização do miocárdio empregando a CEC. Investigaram-se quinze pacientes, recebendo cronicamente propranolol no pré- (10-40 mg, 2 a 3 vezes ao dia PO) e no pós-operatório (10 mg, 1 vez ao dia) sendo os mesmos distribuídos em dois grupos: obesos (n = 9, média 29,4) kg/m2; e não-obesos (n = 6, média 24,8 kg/m2). Colheram-se amostras seriadas de sangue nos períodos pré- e pós-operatório (Ä); determinaram-se as concentrações plasmáticas do propranolol através da cromatografia líquida de alta eficiência. Aplicou-se o software PK Solutions 2.0 para estimativa dos parâmetros cinéticos. Não se registrou alteração na farmacocinética do propranolol avaliada através dos parâmetros meia-vida biológica (t1/2), volume de distribuição aparente (Vd/F) e depuração plasmática (CLT/F) no grupo de pacientes não-obesos, enquanto prolongamento relevante da t1/2 (3,2 para 11,2 h, p<0,0039), aumento no Vd/F (3,0 para 7,7 L/kg, p < 0,0039) e redução no CLT/F (11,3 para 9,2 mL/min.kg, p<0,0391) foram observados no grupo de pacientes obesos, no pós-operatório de revascularização do miocárdio empregando circulação extracorpórea e hipotermia. Os parâmetros farmacocinéticos obtidos poderiam justificar as concentrações plasmáticas do propranolol nos pacientes obesos superiores àquelas obtidas para não obesos após a cirurgia cardíaca.

Keywords : Propranolol; Farmacocinética; Circulação extracorpórea; Obesidade.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English