SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 issue4Anatomic characterization of Cunila microcephala Benth. (Lamiaceae) leavesPhysico-chemical characterization of a phytosterol ester enriched margarine author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas

Print version ISSN 1516-9332

Abstract

RAYMUNDO, Melissa dos Santos; HORTA, Paulo  and  FETT, Roseane. Atividade antioxidante in vitro de extratos de algumas algas verdes (Chlorophyta) do litoral catarinense (Brasil). Rev. Bras. Cienc. Farm. [online]. 2004, vol.40, n.4, pp. 495-503. ISSN 1516-9332.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-93322004000400007.

O efeito antioxidante de quatro espécies de algas marinhas do filo Chlorophyta (Codium decorticatum, Enteromorpha intestinalis, Ulva fasciata e Chaetomorpha anteninna) foi avaliado através da inibição da peroxidação do ácido linoléico em emulsão. Os extratos etéreos e metanólicos, na concentração de 0,01%, foram obtidos por extração seqüencial das biomassas secas. As espécies mais efetivas sobre a peroxidação lipídica foram Enteromorpha intestinalis e Chaetomorpha anteninna, com porcentagens de inibição acima de 70%. A habilidade dos extratos metanólicos para seqüestrar o peróxido de hidrogênio foi avaliada, obtendo-se valores médios para porcentagens de captura entre 1,26% e 20,01%. Além disto, quantificaram-se os teores de clorofila a, carotenóides totais e compostos fenólicos totais nas biomassas algais. Os resultados indicam que as algas verdes estudadas são uma fonte promissora de compostos biologicamente ativos com propriedades antioxidantes.

Keywords : Algas marinhas; Antioxidantes; Compostos fenólicos; Carotenóides; Clorofila.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese