SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 número4Determinação espectrofotométrica do bromidrato de fenoterol em preparações farmacêuticasAnálise da atividade antimicobacteriana de 36 extratos vegetais da Mata Atlântica brasileira índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas

versão impressa ISSN 1516-9332

Resumo

OLIVEIRA, Fabiana Rodrigues de et al. Efeito do beneficiamento sobre o valor nutricional do peixe mandim (Arius spixii). Rev. Bras. Cienc. Farm. [online]. 2008, vol.44, n.4, pp. 655-667. ISSN 1516-9332.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-93322008000400012.

Com o objetivo de avaliar o efeito do beneficiamento sobre o valor nutricional do peixe mandim (Arius spixii) comercializado em Maceió-AL, determinaram-se nas suas formas in natura e beneficiada (salgado-seco) a composição centesimal, valor calórico, cloretos, perfil de ácidos graxos e colesterol, sendo também analisada a ocorrência de óxidos de colesterol. Os resultados obtidos para o mandim in natura e beneficiado, respectivamente, de umidade (70,13% e 40,31%), proteínas (51,73% e 38,07%, base seca), carboidratos (4,67% e 2,24%, base seca), calorias (486 kcal/100g e 367 kcal/100g, base seca), ácidos graxos (poliinsaturados 14,54% e 15,49%, ômega-3 8,51% e 6,51%), colesterol (82,66 mg/100g e 61,30 mg/100g) e óxidos (7-cetocolesterol 8,31 µg/g e 17,90 µg/g), permitiram concluir que o beneficiamento favoreceu alterações significativas no valor nutricional do mandim.

Palavras-chave : Peixe [valor nutricional]; Pescado [beneficiamento]; Pescado [composição centesimal]; Cloretos [determinação em pescado]; Ácidos graxos [determinação em pescado]; Óxidos de colesterol [determinação em pescado].

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português