SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue2"Gente quer luzir": figurações de "um outro-real, um ultrarreal" no enfoque da pobrezaPassados a construir: sobre um outro mundo, de Gustaw Herling-Grudziński author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Alea : Estudos Neolatinos

Print version ISSN 1517-106X

Abstract

BARBOSA, Maria Aparecida. Les Cinq Continents, a antologia de Goll: apelo (po)ético cosmopolita. Alea [online]. 2011, vol.13, n.2, pp. 238-251. ISSN 1517-106X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-106X2011000200004.

Este artigo trata de alguns trabalhos poéticos de Ivan Goll, publicados em alemão, francês e inglês, nos quais o diapasão cosmopolita e o apelo a uma poesia supranacional representaram um grito marginal de resistência frente às tendências totalizantes e às categorias nacionais da primeira metade do século XX. Busca-se compreender se o grito encontra respaldo nas reflexões atuais, pensando-o como um antecedente questionador de taxonomias de gênero literário e de forma artística, um transgender. Assinala que o modernista brasileiro Mário de Andrade não somente acompanhou a querela entre Goll e Breton sobre a herança do conceito Surréalisme legado por Apollinaire, como também se correspondeu e trocou livros com o poeta alsaciano, tendo recebido com entusiasmo a antologia Les Cinq continents. Ao final, este artigo apresenta a tradução de dois poemas afinados com a noção cosmopolita: "O Negro do Teatro de Variedades" e "A Canção de João Sem-Terra, O Duplo".

Keywords : Ivan Goll; antologia Les Cinq continents; "A Canção de João Sem-Terra, o Duplo"; "O Negro do Teatro de Variedades"; transgender.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese