SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número1Processamento de estruturas tridimensionais de Medicina Nuclear na modalidade PETEquipamento portátil para ensaios simultâneos de teste de vigilância psicomotora e pupilometria índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Engenharia Biomédica

versão ISSN 1517-3151

Resumo

HOFF, Gabriela  e  COSTA, Paulo Roberto. Estudo comparativo entre diferentes composições de materiais de blindagem e geometrias de feixe aplicadas a instalações para PET: curvas de transmissão simuladas. Rev. Bras. Eng. Bioméd. [online]. 2013, vol.29, n.1, pp.86-96. ISSN 1517-3151.  https://doi.org/10.4322/rbeb.2013.006.

O objetivo deste trabalho é simular dados de transmissão para feixes de diferentes geometria e composição de materiais, a fim de avaliar o efeito destes parâmetros em curvas de transmissão. As simulações estão focadas em espectros de saída para blindagem por barreiras utilizadas em instalações de PET. O comportamento da transmissão foi avaliado como uma função da composição do material de blindagem e de sua espessura, usando o código de Monte Carlo Geant4, versão 9.2 p 03. A aplicação foi validada para argamassa baritada e comparada com dados publicados pela Associação Americana de Físicos em Medicina (AAPM) para o chumbo. Foram realizadas avaliações da influência da geometria do feixe e da composição do material sobre os espectros de saída e sobre as curvas de transmissão. Características de transmissão dos espectros, tais como a forma, a energia média e a camada de semirredutora (HVL), também foram avaliadas. A ferramenta Geant4, para a energia resultante de fenômenos de aniquilação de pósitrons e sua aplicação na descrição de curvas de transmissão, mostrou boa concordância entre os dados publicados pelo grupo de trabalho 108 da Associação Americana de Físicos em Medicina e dados experimentais publicados no Brasil. As propriedades de transmissão para diferentes composições de materiais foram também estudadas e mostraram baixa dependência com as espessuras consideradas. A configuração de feixes largos e estreitos apresentaram diferenças significativas nos resultados. Os parâmetros de ajuste para a determinação das equações que representam as curvas de transmissão, de acordo com o modelo de Archer, são apresentados para diferentes materiais. Como conclusão, pode-se dizer que a geometria do feixe tem influência significativa e a composição tem pouca influência nas curvas de transmissão para projetos de blindagem para a faixa de energia aplicadas em PET.

Palavras-chave : PET; Curvas de transmissão; Simulação por Monte Carlo.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons