SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número1Fabricação de suspensões cerâmicas para anodos de PaCOS suportadas pelo eletrólitoFilmes finos de CeO2 depositados por spray pirólise índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Matéria (Rio de Janeiro)

versão On-line ISSN 1517-7076

Resumo

MOURA, Jadson Santos; SOUZA, Marluce Oliveira da Guarda  e  RANGEL, Maria do Carmo. Efeito da adição de magnésio nas propriedades texturais de catalisadores à base de níquel e óxido de lantânio. Matéria (Rio J.) [online]. 2007, vol.12, n.1, pp. 29-38. ISSN 1517-7076.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-70762007000100005.

Com o desenvolvimento das células a combustível, há uma expectativa de crescimento da demanda por hidrogênio. A reforma a vapor de etanol é mais atrativa que outros processos relacionados para produzir hidrogênio de alta pureza, por apresentar diversas vantagens, tais como a utilização de fontes de energia renovável e facilidade de manuseio e estocagem do etanol. Alguns dos catalisadores usados nesse processo são níquel suportado em óxidos de lantânio, assim como níquel suportado em óxido de magnésio, que apresentam alta atividade e seletividade a hidrogênio e estabilidade. Com o fim de obter catalisadores alternativos para essa reação estudou-se, neste trabalho, o efeito do magnésio nas propriedades de catalisadores baseados em níquel e lantana. As amostras, com 15% Ni e La/Mg (molar)=20, 10 e 5, foram preparadas por precipitação, seguida de impregnação; preparou-se, também, sólidos sem níquel e/ou magnesium para fins de comparação. Nas amostras sem magnésio, foram produzidos hidróxidos e óxidos de lantânio mas nas outras amostras foi formado apenas óxido de lantânio. Por outro lado, os sólidos contendo níquel também produziram o composto La2NiO4. Adicionando-se pequenas quantidades de magnésio ao óxido de lantânio (La/Mg=20, 10), a área superficial específica diminui mas quantidades mais altas (La/Mg=5) não causam variações. Entretanto, a adição do níquel e magnésio levarou a um aumento. Esses resultados foram relacionados às tensões e imperfeições geradas durante a preparação do sólido; nesse caso, supõe-se que o magnésio favorece o aumento do tamanho de partícula enquanto a ação combinada do magnésio e níquel contribui para evitar a sinterização.  Todos os sólidos apresentaram sítios básicos na superfície. Pode-se concluir que o método usado neste trabalho pode ser útil para controlar as propriedades estruturais e texturais do óxido de lantânio, permitindo a produção de materiais como propriedades pré-determinadas.

Palavras-chave : Célula a combustível; reforma do etanol; catalisador de níquel.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português