SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número3Fotodegradação de hidrogel de poliacrilamida na presença de substâncias químicas para o uso na agriculturaEfeito dos ácidos itacônico e fumárico na copolimerização em emulsão do estireno com acrilato de n-butila para produção de argamassa cimentícia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Matéria (Rio de Janeiro)

versão On-line ISSN 1517-7076

Resumo

CAMPOS, Laura Alves et al. Influência da concentração dos monômeros de acrilato e metacrilato de hidroxipropila na copolimerização em emulsão do estireno com acrilato de n-butila e acrilonitrila para produção de adesivos. Matéria (Rio J.) [online]. 2019, vol.24, n.3, e12408.  Epub 16-Set-2019. ISSN 1517-7076.  https://doi.org/10.1590/s1517-707620190003.0723.

Monômeros acrílicos contendo grupos hidroxila são frequentemente empregados na produção de polímeros, especialmente para aplicações em diferentes substratos ou mesmo em reações posteriores de modificação química com grupos isocianato ou carboxila. Este trabalho tem como objetivo estudar o efeito da concentração dos monômeros de acrilato de hidroxipropila (HPA) e metacrilato de hidroxipropila (HPMA) na copolimerização em emulsão do estireno (St) com o acrilato de n-butila (ABu) e acrilonitrila (ACN), visando a obtenção de nanopartículas poliméricas com grupos hidroxila para reações posteriores de modificação química com isocianato. Látexes com diferentes concentrações (0,3,5,7 e 10% m/m) de HPA e HPMA foram obtidos e caracterizados em relação ao teor de sólidos, diâmetro de partícula, distribuição dos tamanhos de partícula, viscosidade, temperatura mínima de formação de filme, estabilidade ao gelo-degelo, concentração de coágulos, dureza do filme e estabilidade coloidal. Os resultados mostram que o aumento da concentração de HPA e HPMA afeta as propriedades físico-químicas dos látexes. Dentre as concentrações de HPMA estudadas, foi possível obter látexes com concentração máxima de 5% de HPA e 7% de HPMA. Os látexes produzidos com 10% de HPA e HPMA apresentaram baixa estabilidade coloidal. Os adesivos foram obtidos via mistura física entre o látex hidroxilado com HPMA e a dispersão de poli(isocianato) cicloalifático contendo 11% de isocianato bloqueado e caracterizados.

Palavras-chave : Polimerização em emulsão; látex hidroxilado; acrilato de hidroxipropila; metacrilato de hidoxipropila; isocianato bloqueado.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )