SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número3Leveduras da cavidade oral de crianças com AIDS: produção de exoenzimas e resistência antifúngicaEfeito do gel de clorexidina a 0,5% em microrganismos superinfectantes da placa bacteriana de portadores de necessidades especiais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Pesquisa Odontológica Brasileira

versão impressa ISSN 1517-7491

Resumo

BUZALAF, Marília Afonso Rabelo et al. Conteúdo de flúor em diversas marcas de chocolate e bolachas de chocolate encontradas no Brasil. Pesqui. Odontol. Bras. [online]. 2003, vol.17, n.3, pp. 223-227. ISSN 1517-7491.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-74912003000300005.

Chocolates em barra e bolachas de chocolate são guloseimas altamente apreciadas pelas crianças. A possibilidade de conter flúor (F) em seus componentes, associada a seu excessivo consumo podem torná-los contribuintes decisivos para a ingestão diária total de F. Assim, eles poderiam participar no estabelecimento da fluorose dental. O objetivo deste estudo foi analisar a concentração de flúor [F] dos chocolates em barra (CB) Baton, Confeti, Garoto Ball, Kinder Ovo, M&M’s, Milkybar, Nescau, Nescau Ball, Surpresa, Surpresa Bichos, Tortuguita; e das bolachas de chocolate (CC) Danyt’s, Hipopó, Nescau, Passatempo, Pokémon, Sítio do Pica-Pau Amarelo e Trakinas. Os produtos foram adquiridos em Bauru, São Paulo, Brasil. Três gramas de cada produto foram previamente calcinadas a uma temperatura de 525°C (CB e recheio das bolachas), e de 550°C (massas das bolachas), durante 4 horas. O F foi separado das cinzas por difusão facilitada por hexametildisiloxano (HMDS). As análises de F foram feitas com o eletrodo específico. As [F]s médias ± DP e amplitude (mg/g) foram: CB = 0,30 ± 0,45 (0,07 - 1,60, n = 12) e CC = 1,08 ± 2,64 (0,04 - 7,10, n = 7). Concluiu-se que alguns dos alimentos analisados podem ser importantes contribuintes para a ingestão diária total de F. No caso do produto que apresentou a maior [F] (Danyt’s), quando apenas 3 unidades são consumidas uma única vez ao dia, elas podem fornecer mais de 40% da ingestão diária máxima de F recomendada (0,07 mg/kg peso corporal) para uma criança de 2 anos de idade (12 kg). A [F] presente nesses produtos deveria ser informada em seus rótulos.

Palavras-chave : Chocolate; Flúor; Fluorose dentária; Criança.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês