SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue22Lyrics, melody, arrangement: elements in tension in Favela by Antonio Carlos Jobim and Vinícius de MoraesPostmodern characteristics in the work Rimsky by Brazilian composer Gilberto Mendes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Per Musi

Print version ISSN 1517-7599

Abstract

ALMADA, Carlos de Lemos. Chovendo na roseira de Tom Jobim: uma abordagem schenkeriana. Per musi [online]. 2010, n.22, pp. 99-106. ISSN 1517-7599.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-75992010000200009.

O presente artigo examina a canção Chovendo na roseira, de Antônio Carlos Jobim, focando as relações estruturais aprofundadas existentes entre melodia, harmonia e forma. Isso é realizado através do método da análise schenkeriana, que recebe aqui algumas adaptações, de maneira a se ajustar apropriadamente às características dessa peça específica. Como resultado do processo analítico observa-se uma integração consistente e hierarquizada entre diversos fenômenos melódico-harmônicos presentes na superfície musical e em camadas estruturais internas, revelando relações inusitadas para uma peça de música popular. É especificamente marcante a onipresença do intervalo de quarta justa, infiltrado nos mais diversos aspectos da construção musical, em todos os níveis estruturais observados.

Keywords : Chovendo na roseira; Tom Jobim; análise schenkeriana.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese