SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue23Pursuing clues to the puzzle: thoughts on hybridism, musicality and topicsExtra-musical elements in the work of K-Ximbinho: questions about musical iconography in their record covers between 1950s and 1960s author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Per Musi

Print version ISSN 1517-7599

Abstract

LIMA, Luciano Chagas. Ernesto Nazareth e a valsa da Suíte Retratos de Radamés Gnattali. Per musi [online]. 2011, n.23, pp. 113-123. ISSN 1517-7599.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-75992011000100013.

Composta por Radamés Gnattali (1906-1988) em 1956 para bandolim solista, conjunto de choro e orquestra de cordas, Retratos é uma suíte em quatro movimentos onde são homenageadas algumas das mais expressivas personalidades do cenário da música popular brasileira: Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Anacleto de Medeiros e Chiquinha Gonzaga. O que dá forma e sustenta a narrativa da obra é a ideia de que os movimentos constituem retratos musicais destes compositores. Assim, a estrutura de cada movimento foi elaborada a partir de um modelo, ou seja, de cada compositor Gnattali escolheu uma peça que serviria de roteiro para o processo criativo dos retratos. Este estudo tem como foco o segundo movimento da suíte, a valsa, observando como está relacionado ao seu respectivo modelo, a valsa Expansiva de Ernesto Nazareth (1863-1934). Para ilustrar o paralelo será apresentada uma análise mais comparativa do que formal, procurando ampliar a visão do contexto histórico com evidências musicais, concentrando-se principalmente nos elementos comuns a ambas as peças.

Keywords : Radamés Gnattali; Ernesto Nazareth; valsa; Retratos; Expansiva.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese