SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número3Genetic variability within Fusarium solani specie as revealed by PCR-fingerprinting based on pcr markersArcobacter butzleri an emerging enteropathogen: communication of two cases with chronic diarrhea índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Brazilian Journal of Microbiology

versión impresa ISSN 1517-8382

Resumen

NERO, Luís Augusto et al. Perigos em leite não-pasteurizado comercializado no Brasil: ocorrência de Salmonella spp, Listeria monocytogenes e de resíduos químicos. Braz. J. Microbiol. [online]. 2004, vol.35, n.3, pp. 211-215. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822004000200007.

A instabilidade do mercado de leite no Brasil força pequenos produtores de leite a procurar alternativas de comércio de sua produção, o que inclui a venda de leite cru para indivíduos que dão preferência a esse tipo de leite. Considerando a importância desse mercado e os conhecidos riscos à saúde que o consumo de leite cru pode representar, este estudo avaliou a qualidade microbiológica e a presença de Listeria monocytogenes, Salmonella spp., resíduos de cloretos, antimicrobianos e inseticidas (organofosforados e carbamatos) em leite cru produzido em 210 propriedades leiteiras localizadas em quatro importantes estados produtores de leite no Brasil (Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul). Em 66% das propriedades selecionadas, a ordenha era manual. Em 33% a ordenha era semi-automática (ordenha mecânica balde ao pé) e em apenas 1% o sistema de ordenha e armazenamento era totalmente mecânico (sistema fechado). Todas as amostras de leite cru foram negativas para L. monocytogenes, Salmonella spp e resíduos de cloretos. As contagens de aeróbios mesófilos foram superiores a 105 UFC/mL em 75,7% das amostras. Em 80,4%, as contagens de coliformes foram superiores a 102 UFC/mL. Escherichia coli foi detectada em 36,8% das amostras. Inseticidas e resíduos de antibióticos foram observados em 74,4% e 11,5% das amostras, respectivamente. Níveis inaceitáveis de microrganismos indicadores de higiene, inseticidas e resíduos de antibióticos foram considerados fatores de risco mais importantes que os dois patógenos estudados.

Palabras llave : perigos; leite cru; Salmonella; Listeria monocytogenes; indicadores de higiene; inseticidas; antibióticos.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés