SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue4Antimycobacterial activity of the antiinflammatory agent diclofenac sodium, and its synergism with streptomycinScanning electron microscopy of conidia of Trichoderma stromaticum, a biocontrol agent of witches' broom disease of cocoa author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382On-line version ISSN 1678-4405

Abstract

CHAVES, Guilherme M.; CAVALCANTI, Maria Auxiliadora de Q.; CARNEIRO-LEAO, Ana Maria dos A.  and  LOPES, Silvia L.. Modelo de infecção experimental em camundongos albino swiss (Mus musculus) sadios e imunossuprimidos utilizando cepas de Candida albicans com diferentes padrões de atividade enzimática. Braz. J. Microbiol. [online]. 2004, vol.35, n.4, pp.311-315. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822004000300010.

Com o objetivo de avaliar a virulência de Candida albicans in vivo, foram selecionadas duas cepas de acordo com a atividade enzimática de fosfolipase e protease, para utilização em modelo de infecção experimental. Utilizou-se um isolado de secreção vaginal, estocado na Micoteca URM por 43 anos com alta atividade de fosfolipase (Pz=0.217) e de protease (1.386 U.mL-1), e outro recém-isolado de secreção orofaríngea de paciente com AIDS, o qual apresentou baixa atividade de fosfolipase (Pz=0.482) e de protease (0.780 U.mL-1). As amostras foram inoculadas por via intra-peritoneal em camundongos (Mus musculus) na presença e ausência de imunossupressão e a infecção foi avaliada durante 21 dias. A cada 72 h foram assepticamente removidos o fígado, baço, pulmões e rins e coletado o sangue desses animais. Foi quantificado o número de unidades formadoras de colônias (u.f.c.) recuperadas de cada órgão e realizada avaliação histopatológica dos mesmos. A cepa recém-isolada mostrou-se mais virulenta in vivo, quanto ao número de culturas positivas e à severidade das lesões observadas ao exame histopatológico. Não foi observada correlação entre a atividade enzimática in vitro e a virulência in vivo.

Keywords : Candida albicans; enzimas extracelulares; virulência; infecção experimental.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License