SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue3Characterization and stability of extracellular alkaline proteases from halophilic and alkaliphilic bacteria isolated from saline habitat of coastal Gujarat, IndiaHyphomycetes from soil of an area affected by copper mining activities in the State of Bahia, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382On-line version ISSN 1678-4405

Abstract

TRINDADE, Aldo Vilar; SIQUEIRA, José Oswaldo  and  STURMER, Sidney Luiz. Fungos micorrízicos arbusculares em pomares de mamoeiro do Espírito Santo e Bahia no Brasil. Braz. J. Microbiol. [online]. 2006, vol.37, n.3, pp.283-289. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822006000300016.

O trabalho objetivou a obtenção de conhecimento sobre a associação micorrízica arbuscular (MA) em mamoeiro (Carica papaya, L.) em condições de pomar e viveiro. Sessenta e sete amostras de solo e raízes foram coletadas em quarenta e sete pomares comerciais nos meses de fevereiro e maio de 1996, abrangendo o Norte do Espírito Santo e o Oeste e Sul da Bahia. Amostras foram usadas para contagem direta de esporos, avaliação da colonização radicular e para cultivo armadilha com Sorghum bicolor (L.) Moench e Crotalariajuncea (L.). Amostragens adicionais foram feitas em viveiros comerciais, para avaliar a colonização micorrízica. Embora os sistemas de cultivo do mamoeiro recebam grande quantidade de insumos na forma de fertilizantes e pesticidas, as raízes apresentaram percentagem de colonização radicular variando de 6% a 83%. As taxas de colonização mostraram-se relacionadas com o P disponível do solo, correlacionando-se positivamente com areia e pH do solo, mas negativamente com os teores de argila. Em viveiros, a percentagem de colonização nas plântulas foi baixa na maioria das amostras. Em campo o número de esporos variou de 34 a 444/30g de solo. Todas as famílias do filo Glomeromycota estiveram representadas e 24 espécies fúngicas foram identificadas. Glomusetunicatum, Paraglomusoccultum, Acaulosporascrobiculata e Gigaspora sp. foram as espécies de maior ocorrência.

Keywords : Glomeromycota; agroecossistemas; ecologia; Caricapapaya.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License