SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue3Production and partial characterization of polygalacturonases produced by thermophilic Monascus sp N8 and by thermotolerant Aspergillus sp N12 on solid-state fermentationFactors affecting the thermal activation of Neosartorya fischeri in pineapple and papaya nectars author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382On-line version ISSN 1678-4405

Abstract

NASCIMENTO, Wellingta Cristina Almeida do  and  MARTINS, Meire Lelis Leal. Estudos sobre a estabilidade de uma protease de Bacillus sp. e sua compatibilidade com detergentes comerciais. Braz. J. Microbiol. [online]. 2006, vol.37, n.3, pp.307-311. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822006000300020.

As enzimas, principalmente as proteases, têm uma participação importante e indispensável em muitos processos industriais tais como na indústria farmacêutica, de alimentos e de detergentes. Alguns detergentes como Tide®, Ariel® e Biz® contem enzimas proteolíticas em sua formulação, sendo a maioria produzida por bactérias do gênero Bacillus sp. Neste artigo, foi avaliada a compatibilidade de uma protease produzida por um microrganismo termofílico, Bacillus sp., com alguns detergentes comerciais. Estudos sobre a estabilidade mostraram que a enzima reteve cerca de 95% e 74% de sua máxima atividade após 1h a 60ºC na presença de glicina em combinação com MnSO4 e CaCl2 respectivamente. A enzima não foi inibida em presença de 1.0 - 5.0 mM de EDTA. A adição de Triton X-100 inibiu a atividade enzimática em todas as concentrações estudadas. A enzima não foi estável na presença de uma solução a 5% (v/v) de peróxido de hidrogênio. A protease manteve mais de 80% e 65% de atividade após 30 min de incubação na presença dos detergentes Tide® e Cheer® respectivamente. Após adição de CaCl2 (10 mM) e glicina (1 mM), a enzima manteve mais de 85% de atividade após 1 hora de incubação em presença do detergente Tide®. Considerando estas propriedades, a protease de Bacillus sp., pode ser útil na indústria de detergentes.

Keywords : protease; bacteria termofílica; Bacillus sp.; detergentes.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License