SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue3Properties of Streptococcus thermophilus fermented milk containing variable concentrations of Bifidobacterium longum and Lactobacillus acidophilusEvaluation of an indirect ELISA for the detection of Salmonella in chicken meat author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382On-line version ISSN 1678-4405

Abstract

COSTA, Patrícia Dolabela et al. Técnica do ATP-bioliminescência como uma alternativa para o monitoramento do procedimento de higienização de superfícies de aço inoxidável na indústria de laticínios. Braz. J. Microbiol. [online]. 2006, vol.37, n.3, pp.345-349. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822006000300026.

A técnica do ATP-bioluminescência avaliou os procedimentos de higienização de superfícies em aço inoxidável dos tanques de transporte de leite cru, de estocagem de leite cru resfriado, de equilíbrio de um pasteurizador, de estocagem de leite pasteurizado e para embalagem de leite pasteurizado e, ainda, a superfície interna de uma centrífuga de leite quanto à determinação de Unidades Relativas de Luz (URL) e da contagem de mesófilos aeróbios (UFC.cm-2). Não houve diferença significativa (p>0.05) na medida de URL nas superfícies antes e depois do procedimento de higienização. Também, não houve diferença significativa (p>0.05) no número de UFC.cm-2 nas superfícies antes da higienização. No entanto, contagens bacterianas diferentes foram constatadas após este procedimento. As superfícies da centrífuga e dos tanques de leite resfriado e para embalagem de leite apresentaram as maiores contagens após a higienização, atingindo 2,21, 2,18, e 1,21 log10, respectivamente. Os resultados mostram que não há concordância entre os métodos na classificação das condições higiênicas das superfícies, indicando que não há relação direta entre RLU e UFC.cm-2. A técnica do ATP-bioluminescência indicou que 100% das superfícies estavam em condições higiênicas inadequadas, enquanto a contagem bacteriana indicou apenas 50% de acordo com as recomendações da APHA e 33% de acordo com OMS. Variações elevadas nas medidas de URL sugerem a necessidade de se realizar mais de uma análise na mesma superfície. A técnica do ATP-bioluminescência não deve simplesmente substituir os testes microbiológicos mas ser usada para se obter informações complementares para avaliar as condições higiênicas das superfícies para o processamento de leite.

Keywords : indústria de laticínios; procedimentos de limpeza e sanitização; superfícies para processamento de alimentos; monitoramento da higiene por ATP-bioluminescência; ATP-bioluminescência.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License