SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue1Comparison of an in-house and a commercial enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) for diagnosis of paratuberculosisMolecular characterization of Borrelia burgdorferi sensu lato strains isolated in the area of Belgrade, Serbia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382

Abstract

LIBERATORE, Ana Maria Alvim et al. Expressão de aderência agregativa em células HeLa por amostras de E. coli isoladas de eqüinos doentes. Braz. J. Microbiol. [online]. 2007, vol.38, n.1, pp. 9-13. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822007000100003.

Características de virulência de 56 amostras de Escherichia coli isoladas de eqüinos doentes (secreção de colo uterino, fragmentos de necrópsia do trato gastrointestinal e de pulmões, fezes diarréicas e lavado traqueal) foram examinadas para determinar o padrão de aderência em células HeLa e pesquisar a presença de genes de virulência de vários patotipos de E. coli. Duas amostras não aderentes apresentaram astA, gene que codifica a toxina termo-estável de E. coli enteroagregativa. Das vinte e sete amostras (48,2%) que aderiram a células HeLa, 21 (77,8%) apresentaram o padrão de aderência agregativa (AA) que caracteriza o patotipo de E. coli Enteroagregativa (EAEC). Nove destas amostras que apresentaram AA foram isoladas de secreção de colo uterino, incluindo uma que apresentava genes de virulência de patotipos de EAEC (aggR,aap,irp2 e pic). Esta é a primeira descrição do fenótipo AA em amostras de cavalos doentes. Estas amostras deverão ser melhor avaliadas em relação a sua potencial função na patogênese de diferentes doenças eqüinas, bem como à possibilidade destes animais representarem um reservatório de infecções humanas causadas por esta bactéria.

Keywords : eqüino; Escherichia coli; adesão agregativa; virulência.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English