SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue2Cellulase activities during decomposition of a submerged aquatic macrophyte (Utricularia breviscapa): a microcosm assayProductivity, biological efficiency, and number of Agaricus blazei mushrooms grown in compost in the presence of Trichoderma sp. and Chaetomium olivacearum contaminants author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382

Abstract

VIEIRA, Werner Bessa; MOREIRA, Leonora Rios de Souza; MONTEIRO NETO, Amadeu  and  FERREIRA FILHO, Edivaldo Ximenes. Produção e caracterização de um complexo enzimático de uma nova linhagem de Clostridium thermocellum com enfase em sua atividade de xilanase. Braz. J. Microbiol. [online]. 2007, vol.38, n.2, pp. 237-242. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822007000200009.

Uma nova linhagem de bactéria (ISO II) foi isolada de esterco bovino e identificada como filogeneticamente próxima à bactéria termofílica Clostridium thermocellum. A nova linhagem produziu atividades de xilanase, mananase, pectinase e celulase quando cultivada em meio de cultura líquido contendo engaço de bananeira como fonte de carbono. O perfil de produção enzimática após crescimento em engaço de bananeira mostrou que as atividades de xilanase e celulase foram detectadas em diferentes períodos de incubação. Um complexo enzimático, contendo atividades de xilanase, celulase e mananase, foi isolado de amostras de sobrenadante do meio de cultura da linhagem ISO II crescida em engaço de bananeira. O complexo foi parcialmente purificado por ultrafiltração e cromatografia de filtração em gel em coluna de Sephacryl S-300. Análise de zimograma mostrou 05 sub-unidades com atividade de xilanase. A amostra enzimática apresentou bandas únicas de proteína e atividade de xilanase após eletroforese sob condições não-desnaturantes. A hidrólise de xilana foi ótima no intervalo de temperatura de 55-75ºC e pH 6,0. A xilanase foi estável a 65ºC, mantendo 80% de sua atividade original após 12 h de incubação. Os valores de Km aparente, usando arabinoxilanas insolúveis e solúveis como substratos, foram 1,54 and 11,53 mg/mL, respectivamente. A xilanase foi ativada por ditiotreitol, L-triptofano and L-cisteina e fortemente inibida por N-bromosuccinamida e CoCl2. A caracterização da mananase do complexo mostrou Km e temperatura ótima de 0,846 mg/mL e 65ºC, respectivamente e pH 8,0. Ao contrário da xilanase, a mananase foi menos estável a 65ºC com meia vida de 2,5 h e inibida por ditiotreitol e Ca2+.

Keywords : Clostridium thermocellum; engaço de bananeira; xilanase.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English