SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue2Association between the concentration of protozoa and surrogates in effluents of the slow sand filtration for water treatmentVirus isolation and molecular characterization of canine distemper virus by RT-PCR from a mature dog with multifocal encephalomyelit author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382

Abstract

MARIANO, Adriano Pinto; KATAOKA, Ana Paula de Arruda Geraldes; ANGELIS, Dejanira de Franceschi de  and  BONOTTO, Daniel Marcos. Estudo laboratorial da biorremediação de solo de posto de combustíveis contaminado com óleo diesel. Braz. J. Microbiol. [online]. 2007, vol.38, n.2, pp. 346-353. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822007000200030.

O objetivo do presente estudo foi investigar possíveis métodos para aumentar a taxa de biodegradação aeróbia de hidrocarbonetos (tratamentos ex-situ). Neste trabalho, processos de biorremediação foram aplicados a um solo arenoso com alto nível de contaminação ocasionada por um vazamento de um tanque de armazenamento de óleo diesel subterrâneo em um posto de combustíveis. Experimentos em escala laboratorial (respirômetros de Bartha) foram utilizados para avaliar a biodegradação do óleo diesel. Estímulo da biodegradação foi realizado utilizando-se as técnicas de bioestímulo (adição de soluções de nitrogênio e fósforo ou surfactante Tween 80) e de bioaumento (consórcio bacteriano isolado de um sistema de landfarming). Para investigar as interações entre os fatores otimizadores, e encontrar a melhor combinação entre esses agentes, o estudo foi baseado em um delineamento experimental fatorial completo. A eficiência de biodegradação foi simultaneamente medida com dois métodos: respirométrico (produção de CO2 microbiano) e cromatografia gasosa. Testes de toxicidade aguda com Daphnia similis foram aplicados para examinar a eficiência dos processos em termos de geração de produtos menos tóxicos. Resultados mostraram que todas as estratégias de biorremediação aceleraram a biorremediação natural do solo contaminado e os melhores resultados foram obtidos quando os tratamentos tinham adição de nutrientes. Dados respirométricos indicaram uma máxima mineralização de hidrocarbonetos de 19,8%, obtida com a combinação dos três agentes, com uma remoção de hidrocarbonetos totais de petróleo (TPH) de 45,5% em 55 dias de tratamento. No final dos experimentos, duas espécies predominantes de bactéria foram isoladas e identificadas como Staphylococcus hominis e Kocuria palustris.

Keywords : Biorremediação; Solo; Óleo Diesel; Posto de combustíveis.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English