SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 número3Diversidade sorológica e molecular de rotavírus identificados em crianças em São Paulo, BrasilInterferência da tuberculose no desempenho de ELISAs comerciais utilizados para o diagnóstico de paratuberculose índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Microbiology

versão impressa ISSN 1517-8382versão On-line ISSN 1678-4405

Resumo

SHINOBU, Cristiane Suemi et al. Ausência de associação entre genótipos e fatores de virulência em C. albicans isoladas de secreção vaginal. Braz. J. Microbiol. [online]. 2007, vol.38, n.3, pp.467-471. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822007000300015.

A fisiopatogenia da candidíase vulvovaginal (CVV) não está completamente elucidada até o presente momento. O objetivo deste estudo foi avaliar se exite relação entre os diferentes genótipos de Candida albicans, seu principal agente, e a virulência desta levedura em isolados vaginais, e checar se existem marcadores laboratoriais que possam predizer a habilidade de cada isolado para desenvolver CVV independentemente dos sintomas. Foram determinados a produção de exoenzimas protease, fosfolipase and hemolisina, resistência ao peróxido de hidrogêncio, e genótipo. O genótipo A foi predominante (75%), protease, fosfolipase e atividade hemolítica foram alevadamente expressos, e a maioria das leveduras foram sensíveis ao H2O2 em 1 e 2 horas de exposição, sugerindo que estes fatores são importantes na virulênciae de isolados vaginais. Entretanto, não houve nenhuma correlação com os genótipos. Os diferentes isolados expressaram potencial de virulência similares, sugerindo que outros fatores relacionados às leveduras e ao hospedeiro devem participar no desenvolvimento da doença clínica.

Palavras-chave : C. albicans; candidíase vulvovaginal; genótipo; fatores de virulência.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons