SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 número3Clonagem e expressão da glicoproteina E (gE) do vírus da doença de Aujeszky em sistema de baculovirusPrimeiro isolamento de leptospiras em caprinos no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Microbiology

versão impressa ISSN 1517-8382versão On-line ISSN 1678-4405

Resumo

SEPULVEDA, Lya Madureira et al. Diagnóstico rápido do vírus da estomatite vesicular no Equador mediante o uso da reação em cadeia da polimerase. Braz. J. Microbiol. [online]. 2007, vol.38, n.3, pp.500-506. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822007000300022.

A Estomatite Vesicular (EV) é uma enfermidade viral de grande impacto na saúde animal. O animal enfermo apresenta queda na produtividade em rebanho de carne e na produção leiteira, sendo um fator limitante para o comércio internacional de animais. Além dos danos à produtividade essa enfermidade assume importante papel nos programas de saúde animal por ser indistinguível clinicamente da Febre Aftosa. As técnicas para o diagnóstico da EV são, principalmente, a Fixação de Complemento, a ELISA e a Virusneutralização, testes que permitem a detecção viral e a diferenciação dos dois sorotipos descritos para o vírus da Estomatite Vesicular (VEV): New Jersey (NJ) e Indiana (Ind). Neste trabalho a metodologia molecular da reação em cadeia da polimerase após transcrição reversa (RT - PCR) baseada na amplificação parcial específica do gene NS do VEV foi utilizada como um método alternativo para a detecção do vírus. Um total de 10 amostras de referência do VEV e 12 espécimes coletados de animais com sinais clínicos de enfermidade vesicular obtidas de episódios de campo em Equador foi testado. O método permitiu a amplificação parcial da região que codifica para proteína P, tanto para NJ (642 pb) quanto para Ind (614 pb). Os resultados foram concordantes com os dados obtidos por Fixação de Complemento e a identidade dos produtos amplificados foi confirmada por meio de seqüenciamento nucleotídico.

Palavras-chave : Reação em Cadeia da Polimerase; Estomatite Vesicular; Diagnóstico molecular.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons