SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue4Antifungal properties of plants used in Brazilian traditional medicine against clinically relevant fungal pathogensDisinfectant-resistant bacteria in Buenos Aires city hospital wastewater author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382

Abstract

GUERRA, Ivani M.F. et al. Aeromonas associadas a diarréias no sul do Brasil: prevalência, fatores de virulência, e resistência a antibiótico. Braz. J. Microbiol. [online]. 2007, vol.38, n.4, pp. 638-643. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822007000400011.

Aeromonas foram isoladas de 27 (6.6%) dos 408 pacientes admitidos com gastroenterite aguda em dois hospitais do Rio Grande do Sul, Brasil. Os isolados foram classificados com A. hydrophila (51.8%), A. caviae (40.8%), e A. veronii biotype sobria (7.4%). A maior prevalência de Aeromonas ocorreu em lactantes e crianças. Genes (aerA -aerolisina/hemolisina, ahpA -serina-protease, satA - glicerofosfolipidio-colesterol aciltransferase, lipA -lipase, e ahyB -elastase) e factores (atividade hemolítica, proteolítica, lipolítica, e formação de biofilme) de virulência foram identificados na maioria dos isolados de A. hydrophila e A. veronii biotype sobria, com freqüências menores em A. caviae. Todos os isolados de Aeromonas apresentaram resistência a ampicilina, ticarcilina/ácido clavulânico, cefalotina e cefazolina, e a maior parte (>70%) exibiram resistência a imipenem, carbenicilina, amoxacilina/sulbactam e piperacilina. Resistência múltipla foi evidenciada em 29,6% dos isolados. Os antibióticos mais eficientes foram as quinolonas (ciprofloxacina e norfloxacina) e os aminoglicosídicos (amicacina e netilmicina).

Keywords : Aeromonas; diarréia; fatores de virulência; resistência antimicrobiana.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English