SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue4Disinfectant-resistant bacteria in Buenos Aires city hospital wastewaterViral Hepatitis C in a leading Brazilian hospital: epidemiological factors and genotyping author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382

Abstract

REDMERSKI, Roberta et al. Descontaminação de cones de guta-percha com clorexidina. Braz. J. Microbiol. [online]. 2007, vol.38, n.4, pp. 649-655. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822007000400013.

No presente estudo foi investigada a eficácia das soluções aquosa e detergente de digluconato de clorexidina a 2% na descontaminação de cones de guta-percha (cgp) contaminados experimentalmente com bactérias, leveduras ou esporos bacterianos. Os cones foram contaminados com 107 a 108 unidades formadores de colônias por mililitro (ufc/ml) dos seguintes microrganismos teste: Staphylococcus aureus, Enterococcus faecalis, Escherichia coli, ou Candida albicans. Esporos de Bacillus subtilis foram também testados. Os cones contaminados foram tratados com as soluções de clorexidina por, respectivamente, 1, 5, 10 ou 15 min. Cada cone foi então transferido para solução salina e homogeneizado para a determinação das ufc dos microorganismos. As soluções de clorexidina destruíram em 1 min as células de S. aureus, E. faecalis ou de C. albicans aderidas à superfície dos cgp. E. coli foi eliminada em 5 min com a solução detergente. Os esporos de Bacillus subtilis foram eliminados pelas soluções de clorexidina em 5 min. Os resultados deste estudo demonstraram que as soluções aquosa e detergente de clorexidina a 2% foram efetivas na descontaminação dos cones de guta percha em 5 minutos.

Keywords : Clorexidina; descontaminação; cones de guta-percha.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English