SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue4Phenotypic and genotypic characterization of Salmonella Enteritidis isolatesQuantitative analysis of Terminal Restriction Fragment Length Polymorphism (T-RFLP) microbial community profiles: peak height data showed to be more reproducible than peak area author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382

Abstract

MOREIRA, Mônica; VICENTE, Vânia Aparecida  and  GLIENKE, Chirlei. Variabilidade genética de Streptococcus mutans isolados de famílias de baixa renda, demonstrados por marcadores RAPD. Braz. J. Microbiol. [online]. 2007, vol.38, n.4, pp. 729-735. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822007000400026.

A detecção de isolados de S. mutans com alta similaridade genética em indivíduos diferentes, sugere a existência de transmissibilidade. Neste contexto, nove famílias (40 indivíduos) de baixo poder aquisitivo com condições sociais homogêneas foram avaliadas, visando identificar os biosorotipos de S. mutans por meio de bioquimismo e marcadores RAPD e estabelecer o grau de similaridade entre os isolados intra-familiar. Para a análise de polimorfismo utilizou-se coeficiente de Jaccard, análise de coordenadas principais (PCO) e método "UPGMA". Foram obtidos 157 isolados, a partir de amostras salivares, usando como indicador a morfologia das colônias recuperadas em ágar MSB. Destes, 64 foram caracterizados bioquimicamente como S. mutans e 10 como S. sobrinus. A partir dos marcadores RAPD verificou-se variabilidade genética entre isolados, sendo diferente a distribuição intra-familiar destes. Em determinados indivíduos podem ter ocorrido infecções múltiplas, devido a grande variabilidade dos isolados. A existência de quatro isolados apresentando 100% de similaridade, sugeriu transmissão intra-familiar.

Keywords : Streptococcus mutans; variabilidade genética; RAPD.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English