SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue2Membrane fluidity and lipid composition of fluconazole resistant and susceptible strains of Candida albicans isolated from diabetic patientsIn vitro synergistic activity of antibiotic combinations against Brucella melitensis using E-test methodology author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382On-line version ISSN 1678-4405

Abstract

VICTOR, Ligia Valéria et al. Condição periodontal e presença de patógenos periodontais em uma população jovem de brasileiros afro-descendentes. Braz. J. Microbiol. [online]. 2008, vol.39, n.2, pp.226-232. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822008000200005.

O objetivo do presente estudo foi avaliar a condição periodontal e presença de periodonto-patógenos em uma amostra de 132 jovens não fumantes, afro-descendentes, residentes em Salvador/Bahia-Brasil. Profundidade de Sondagem (PS), Nível Clínico de Inserção (NCI), Índice de Placa (IP) e Índice Gengival (IG) foram mensurados e analisados pelos testes ANOVA e Wilcoxon (p<0,05) em função do gênero e idade dos indivíduos. A. actinomycetemcomitans, P. gingivalis, E. corrodens e F. nucleatum foram identificados por PCR e analisados por ANOVA, Wilcoxon e t de Student (p<0,05). Foram observados valores médios de PS e NCI de 2,18 e 1,0mm respectivamente. Os parâmetros clínicos avaliados não sofreram influência dos fatores gênero e idade (p<0,05). E. corrodens foi a bactéria mais prevalente (95.45%), seguido de F. nucleatum (68.18%), A. actinomycetemcomitans (45.45%) e P. gingivalis (40.9%). Não foi observada associação entre os patógenos periodontais pesquisados com o gênero e idade dos indivíduos (p<0,05). PS, NCI e IP não estiveram associados a presença de P. gingivalis, todavia para o parâmetro IG este mostrou alta freqüência entre os indivíduos que não alocaram P. gingivalis. Nessa população jovem de brasileiros afro-descendentes um percentual (96,96%) elevado de indivíduos apresentou pelo menos um patógeno periodontal, mas mostraram-se clinicamente saudáveis. Outras investigações são necessaries para avaliar a real influencia da presença dessas espécies bacterianas.

Keywords : Afro-descendentes; Bactérias; Estudos Epidemiológicos; Saúde do Adolescente; Periodontia.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License