SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue2Serological markers and risk factors related to hepatitis B virus in dentists in the Central West region of BrazilComparison between qualitative and semiquantitative catheter-tip cultures: laboratory diagnosis of catheter-related infection in newborns author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382On-line version ISSN 1678-4405

Abstract

GAETTI-JARDIM JUNIOR, Elerson et al. Ocorrência de leveduras, enterococos e outras bactérias entéricas no biofilme subgengival de pacientes HIV-positivos com gengivite crônica e periodontite necrosante. Braz. J. Microbiol. [online]. 2008, vol.39, n.2, pp.257-261. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822008000200011.

O objetivo desse estudo foi avaliar a ocorrência de bactérias entéricas e leveduras no biofilme subgengival de pacientes HIV-positivos com gengivite crônica ou periodontite necrosante. Os pacientes foram submetidos a exame clínico e radiográfico e de higiene bucal, sangramento à sondagem, condições gengivais e a perda de inserção. Os espécimes clínicos de sulcos gengivais ou bolsas periodontais foram inoculados em ágar Sabouraud dextrose com 100 mg/ml de cloranfenicol, água peptonada, caldo EVA, ágar EMB, ágar SS, ágar Bile esculina e ágar verde brilhante. O cultivo de leveduras foi realizado à temperatura ambiente, de 3-7 dias; das enterobactérias a 37ºC de 24-48 h. A identificação das leveduras foi realizada pela assimilação de carbono e nitrogênio, fermentação de açucares e formação de tubo germinativo. As bactérias de acordo com a morfologia celular e colonial e testes bioquímicos. Foram identificadas Candida albicans e sua prevalência foi maior em pacientes com contagens de CD4+ < 200/mm3, e sua ocorrência foi afetada pela extensão da destruição periodontal (P = 0,0345). Enterobacteriaceae e enterococos foram detectados em 32,5% dos pacientes com periodontite necrosante. As enterobactérias foram Enterobacter sakazakii, E. cloacae, Serratia liquefaciens, Klebsiella oxytoca e Enterococcus sp. Concluiu-se que bactérias patogênicas exógenas à cavidade bucal e C. albicans podem ser detectadas no biofilme subgengival de pacientes HIV-positivos com periodontite necrosante e gengivite.

Keywords : HIV; gengivite; periodontite necrozante; Candida albicans; enterococos; enterobacterias.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License