SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue2Screening of lactic acid bacteria from vacuum packaged beef for antimicrobial activityMycoplasma synoviae infection on Newcastle disease vaccination of chickens author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382On-line version ISSN 1678-4405

Abstract

CRUZ, C.D. et al. Epidemiologia de Listeria monocytogenes em uma linha de processamento de salmão gravlax. Braz. J. Microbiol. [online]. 2008, vol.39, n.2, pp.375-383. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822008000200032.

Listeria monocytogenes é um patógenode grande preocupação para as indústrias alimentícias, principalmente aquelas produtoras de alimentos prontos para consumo (RTE). Este microrganismo pode sobreviver às etapas de cura e defumação a frio, além de tolerar temperaturas de refrigeração. A presença de L. monocytogenes em pescados RTE com vida de prateleira longa representa um risco para a população susceptível, sendo o salmão gravlax deste tipo de produto. No presente estudo avaliou-se a incidência e disseminação de L. monocytogenes em 415 amostras de salmão gravlax obtidas de diferentes etapas de processamento de uma indústria localizada no Estado de São Paulo. A presença de L. monocytogenes foi confirmada em amostras de salmão (41%), superfícies de contato (32%) e não contato (43%) e manipuladores (34%), porém não se isolou o microrganismo em nenhum ingrediente. Do total de cepas isoladas, 179 destas foram escolhidas aleatoriamente e submetidas a sorologia e tipagem por PFGE. A maioria dos isolados pertenceu ao sorogrupo 1 (73%), sendo identificados 61 pulsotipos quando se combinou os resultados de sorologia e PFGE e 6 clusters foram distribuídos em um dendrograma. O cluster A agrupou a maioria das cepas (120). Pode-se sugerir que as cepas foram introduzidas na linha de processamento por meio da matéria prima e contaminando o produto final. Estes resultados indicam que a eliminação de L. monocytogenes deste estabelecimento requer um grande esforço, ainda que o microrganismo não se multiplicou no produto final estocado a 4ºC por 90 dias.

Keywords : Listeria monocytogenes; salmão gravlax; PFGE.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License