SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número4Virulence factors and antimicrobial resistance of escherichia coli isolated from urinary tract of swine in southern of BrazilPlesiomonasshigelloides and Aeromonadaceae family pathogens isolated from marine mammals of Southern and Southeastern Brazilian coast índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Brazilian Journal of Microbiology

versión impresa ISSN 1517-8382

Resumen

ZACARIAS, Francielle Gibson da Silva et al. Isolamento de leptospiras dos Sorovares Canicola e Copenhageni em amostras de urina de bovinos no estado do Paraná, Brasil. Braz. J. Microbiol. [online]. 2008, vol.39, n.4, pp. 744-748. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822008000400028.

No ano de 2001, 698 amostras de urina foram colhidas aleatoriamente, durante o abate em um frigorífico do Estado do Paraná, Brasil. O exame direto em microscópio de campo escuro foi realizado imediatamente após a colheita. As cinco amostras de urina positivas neste exame foram semeadas em meio EMJH modificado, sendo possível o crescimento de leptospiras em duas (LO-14 e LO-10). As estirpes isoladas foram tipificadas, por painel de anticorpos monoclonais, como mais similares ao perfil das amostras de referência dos sorovares Canicola (LO-14) e Copenhageni (LO-10). No Brasil, inquéritos sorológicos utilizando a prova de soroaglutinação microscópica mostram o predomínio de reações para o sorovar Hardjo em bovinos. Roedores e cães são os reservatórios mais comuns dos sorovares Copenhageni e Canicola, respectivamente. A eliminação dos sorovares Canicola e Copenhageni pela espécie bovina pode resultar em um aumento na ocorrência de casos graves de leptospirose humana, principalmente na população rural.

Palabras llave : Leptospira; cultura; leptospirose; diagnóstico; bovino.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés