SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 issue2Molecular analysis of the rRNA genes of Babesia spp and Ehrlichia canis detected in dogs from Ribeirão Preto, BrazilEpidemiological aspects of astrovirus and coronavirus in poults in the South Eastern Region of Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Microbiology

Print version ISSN 1517-8382

Abstract

MOREIRA, Maria Aparecida S.; RODRIGUES, Patrícia P.C.F.; TOMAZ, Rafael S.  and  MORAES, Célia A. de. Sistemas de efluxo multidroga em Escherichia coli e Enterobacter cloacae obtidas de carcaças de frangos sadios. Braz. J. Microbiol. [online]. 2009, vol.40, n.2, pp. 241-247. ISSN 1517-8382.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-83822009000200007.

Os membros da família Enterobacteriaceae estão presentes no intestino do homem e dos animais como comensais ou agentes causadores de doença importantes. Bactérias multirresistentes podem possuir sistemas de efluxo multidrogas (MDR) sendo capazes de sobreviver em nichos ecológicos adversos. Escherichia coli e Enterobacter cloacae, multirresistentes, isoladas de frangos sadios foram investigadas quanto à presença de MDR. A diminuição da concentração inibitória mínima de antimicrobianos, na presença de um desacoplador da força próton motora (PMF), foi usada para detectar o fenótipo MDR. Foi realizada PCR dos genes codificadores de AcrA e AcrB, componentes de um sistema MDR. A diversidade de cada isolado foi confirmada por eletroforese em gel de campo pulsado (PFGE) usando a endonuclease XbaI. Observou-se em todos os isolados, exceto E. coli 1 e E. cloacae 9, uma diminuição das MICs ou das curvas de crescimento na presença dos antimicrobianos, indicando um mecanismo de resistência dependente da PMF. Os produtos amplificados esperados derivados de acrAB foram obtidos em todos os isolados de E. coli e em dois, dos cinco, de E. cloacae. O dendrograma gerado mostra diferentes perfis de bandas (pulsetypes), confirmando a diversidade genética entre os isolados. Uma questão importante e relacionada à saúde publica é o fato de que diferentes modelos e mecanismos de resistência aos antimicrobianos estão presentes em um número reduzidos de isolados não patogênicos e obtidos de uma mesma origem. Esses podem ser fontes de genes de resistência para outros microorganismos, entre eles, cepas patogênicas.

Keywords : multirresistência; antimicrobianos; Enterobacteriaceae; força próton motora; diversidade.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English