SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.5 issue2Dance injuries: hybrid cross-study in dance schools in the City of Bauru - State of São Paulo author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

SILVA, Paulo Roberto Santos et al. Efeito do tempo de intervalo da amostra ventilatória na variabilidade do consumo máximo de oxigênio (VO2 máx) em jogadores de futebol profissional. Rev Bras Med Esporte [online]. 1999, vol.5, n.2, pp. 43-46. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86921999000200002.

O propósito deste estudo foi verificar, em futebolistas profissionais, o impacto de sete intervalos de tempo sobre a variável fisiológica consumo máximo de oxigênio (VO2 máx). Dezoito jogadores de futebol com média de idade de 24 ± 4 anos (18-31), peso de 72,5 ± 5,9kg (62-83) e estatura de 176,5 ± 7,0cm (164-188) foram submetidos a teste ergométrico máximo em esteira rolante, utilizando-se protocolo escalonado contínuo. A resposta de freqüência cardíaca (FC) foi registrada por meio de um eletrocardiógrafo computadorizado de 12 derivações simultâneas. A ventilação pulmonar (VE), o consumo de oxigênio (VO2), a produção de dióxido de carbono (VCO2) e a razão de troca respiratória (RER) foram calculadas a partir de valores medidos por um sistema espirométrico computadorizado. Os resultados deste estudo demonstraram que houve variabilidade significante do VO2 máx (p < 0,05) somente quando se comparou a resposta instantânea respiração-a-respiração (breath-by-breath) em relação aos outros intervalos de tempos analisados (10, 20, 30, 40, 50 e 60 segundos), respectivamente. Concluindo, durante o exercício de intensidade progressiva, observou-se que o aumento do VO2 foi proporcional à diminuição do intervalo de tempo da coleta ventilatória. O tempo de intervalo maior subestimou esse aumento. Assim, sugere-se que o avaliador utilize intervalos médios na faixa de tempo entre 10 e 60 segundos, pois não foi verificada diferença estatística significante entre esses intervalos.

Keywords : Consumo máximo de oxigênio; Ergoespirometria; Intervalo de tempo; Futebolistas profissionais; Medicina esportiva.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese