SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.5 issue3Cardiorespiratory and metabolic profile in professional ballet dancersFunctional aptitude indices in soccer players of the Jamaican all-star team author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

KARAM, Francisco Consoli; MEYER, Flávia  and  SOUZA, Antônio Carlos Araújo de. Esporte como prevenção de osteoporose: um estudo da massa óssea de mulheres pós-menopáusicas que foram atletas de voleibol. Rev Bras Med Esporte [online]. 1999, vol.5, n.3, pp. 86-92. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86921999000300006.

Para examinar se o voleibol exerce efeito positivo na massa óssea de mulheres pós-menopáusicas, mediu-se a densidade mineral óssea (DMO), usando absorção de dupla energia de raios X (DEXA) na coluna lombar (L1, L2, L3, L4 e L2-L4) e no fêmur proximal (colo, trocanter, intertrocantérica, total e triângulo de Ward) em dois grupos de mulheres saudáveis, brasileiras e brancas. Um grupo constituiu-se de 21 atletas veteranas, que jogaram voleibol competitivamente na 2ª década de vida e continuaram jogando pelo menos nos últimos 12 meses. O grupo controle consistiu de 21 mulheres que nunca foram atletas. Os grupos foram similares na idade, índice de massa corporal, tempo de menopausa e reposição hormonal. O grupo de atletas apresentou DMO significativamente superior na coluna lombar e em todas as regiões do fêmur proximal, conforme alguns valores em g/cm2 (média ± dp) da tabela a seguir: Esses resultados indicam que a prática do voleibol contribui na manutenção da massa óssea de mulheres pós-menopáusicas e conseqüente prevenção de osteoporose, incluindo as regiões que são mais suscetíveis a fraturas.

Keywords : Osteoporose; Esporte; Voleibol; Massa óssea.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese