SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.5 issue6The importance of the anaerobic threshold and maximum oxygen uptake (VO2 PEAK) for soccer players author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

AZEVEDO, Daniel Câmara; PIRES, Flávio de Oliveira  and  CARNEIRO, Ricardo Luiz. A pubalgia no jogador de futebol. Rev Bras Med Esporte [online]. 1999, vol.5, n.6, pp. 233-238. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86921999000600006.

A pubalgia tornou-se um problema comum no futebol, preocupando atletas, treinadores, ortopedistas e fisioterapeutas. A articulação do púbis é capaz de absorver parte das forças descendentes e ascendentes que são aplicadas ao corpo e seu comportamento depende diretamente dos movimentos da articulação sacroilíaca. Esses fatores tornam essa articulação extremamente importante, colocando-a algumas vezes em situações estressantes. Por ter como características tratamento difícil e de tempo prolongado, torna-se imprescindível o conhecimento da fisiopatologia relacionada à pubalgia. Embora não haja ainda um consenso entre os autores, vários mecanismos têm sido sugeridos na tentativa de explicar o desenvolvimento da pubalgia. A proposta deste artigo é discutir esses possíveis mecanismos, tentando correlacioná-los com a experiência dos autores junto a jogadores profissionais de futebol, mostrando possíveis caminhos relacionados à prevenção e reabilitação. Isso inclui boa flexibilidade dos músculos relacionados com o osso púbico, mobilização da articulação sacroilíaca, correção de desbalanceamentos de força, calçados e campos de treinamento adequados.

Keywords : Pubalgia; Osteíte; Púbis; Futebol.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese