SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 issue6Actions of sitting and rising from the ground are negatively affected by overweight author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

FARINATTI, Paulo de Tarso Veras. Proposta de um instrumento para avaliação da autonomia do idoso: o Sistema Sênior de Avaliação da Autonomia de Ação (SysSen). Rev Bras Med Esporte [online]. 2000, vol.6, n.6, pp. 224-240. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922000000600003.

O texto descreve uma nova técnica de avaliação da autonomia do idoso, o Sistema Sênior de Avaliação da Autonomia de Ação(SysSen), bem como as estratégias adotadas para sua validação. O sistema é formado por um questionário de atividades físicas (Questionário Sênior de Atividades Físicas - QSAP) e de um teste de campo (Teste Sênior de 'Caminhar e Transportar' - TSMP). O QSAP visa quantificar as necessidades dos idosos para uma vida autônoma, em termos de força de membros superiores (FO) e de capacidade cardiorrespiratória (PA), através de uma entrevista em quatro partes. A primeira considera as atividades cotidianas no domicílio, profissionais e de tempo livre. A segunda avalia o contexto ambiental. A terceira aprecia as dificuldades para tarefas cotidianas e os sentimentos quanto às atividades que se gostaria de fazer e/ou retomar. A quarta considera o ponto de vista do entrevistador sobre as informações recolhidas. Obtém-se um índice para o conjunto das necessidades reveladas pelas partes do questionário (Índice de Autonomia Exprimida - IAE). No TSMP o indivíduo marcha 800m de forma acelerada, transportando pesos específicos segundo o sexo. Calcula-se um índice representativo do potencial de realização das tarefas que dependem da interação funcional da FO e PA (Índice de Autonomia Potencial - IAP). Cruzando as informações obtidas, estabelece-se uma razão autonomia potencial/exprimida (IAP/IAE) - Índice Sênior da Autonomia de Ação (ISAC). A pertinência do SysSen foi verificada por meio da comparação com outros instrumentos de avaliação e pela observação da coerência interna e estrutural dos índices obtidos (validade de estrutura, conteúdo e critério). A fidedignidade inter e intraclasse foi investigada através de teste-reteste. A estabilidade das equações de regressão dos índices IAE e IAP foi testada por validação cruzada. Os resultados indicam que os instrumentos que compõem o SysSen são válidos e suas equações, estáveis. A comparação com outras técnicas de avaliação revela que o SysSen pode ser útil no estudo da autonomia funcional sob uma perspectiva positiva, fato raro quando se trata de instrumentos de avaliação gerontológica.

Keywords : Idoso; Avaliação; Autonomia; Aptidão física; Questionário; Teste.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese