SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue5Carbohydrate supplementation fails to revert the deleterious effects of endurance exercise upon subsequent strength performanceNon-exercise models for prediction of aerobic fitness and apllicability on epidemiological studies: descriptive review and analysis of the studies author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

ARAUJO, Claudio Gil Soares de; RICARDO, Djalma Rabelo  and  ALMEIDA, Marcos Bezerra de. Fidedignidade intra e interdias do teste de exercício de quatro segundos. Rev Bras Med Esporte [online]. 2003, vol.9, n.5, pp. 293-298. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922003000500005.

O teste de exercício de quatro segundos (T4s) é validado farmacologicamente para a avaliação da função vagal cardíaca e consiste em pedalar, o mais rápido possível, um cicloergômetro sem carga do quarto ao oitavo segundo de uma apnéia inspiratória máxima de 12 segundos. Um índice vagal cardíaco (IVC) adimensional é obtido pelo quociente entre a duração dos ciclos cardíacos (intervalos RR no eletrocardiograma) imediatamente antes e o mais curto do exercício. Objetivou-se determinar a fidedignidade inter e intradia do T4s e a necessidade de realizar duas tentativas, conforme descrito no protocolo original. No estudo 1, analisou-se prospectivamente a fidedignidade interdias dos resultados de 15 indivíduos assintomáticos (28 ± 6 anos) submetidos ao T4s por cinco dias seguidos, sendo realizadas duas tentativas a cada dia. Para determinar a fidedignidade intradia do IVC, foram realizadas, randomicamente em um dos dias, nove tentativas consecutivas do T4s. No estudo 2, calculou-se, retrospectivamente, a fidedignidade intradia do IVC de 1.699 indivíduos (47 ± 17 anos) em duas tentativas. O IVC apresentou elevada fidedignidade intradia e interdias (ri = 0,92; IC 95% = 0,84 a 0,97 e ri = 0,77; IC 95% = 0,49 a 0,92, respectivamente) no estudo 1, assim como, no estudo 2 (ri = 0,89; IC 95% = 0,88 a 0,90). Apesar da elevada fidedignidade, havia mínimas diferenças entre as médias (média ± EPM = 1,32 ± 0,01 vs. 1,37 ± 0,01; p < 0,001), sendo que em apenas 15% dos casos essa diferença foi maior do que 0,20, não representando, assim, maior relevância clínica. Verificou-se, ainda, que, em 65% das observações, a segunda tentativa foi considerada a melhor e que a realização de apenas uma induziria a erros de interpretação clínica em 27% dos dados. Em síntese, este estudo demonstrou a elevada fidedignidade do IVC avaliado pelo T4s, além de justificar a necessidade de realizar duas tentativas consecutivas em seu protocolo.

Keywords : Teste de quatro segundos; Exercício físico; Freqüência cardíaca; Tônus vagal cardíaco; Fidedignidade.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese