SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue6Comparison between the use of saliva and blood for the minimum lactate determination in arm ergometer and cycle ergometer in table tennis playersAnalysis of cortical power distribution as a function of the typewriting skill author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

KOLYNIAK, Inélia Ester Garcia Garcia; CAVALCANTI, Sonia Maria de Barros  and  AOKI, Marcelo Saldanha. Avaliação isocinética da musculatura envolvida na flexão e extensão do tronco: efeito do método Pilates®. Rev Bras Med Esporte [online]. 2004, vol.10, n.6, pp. 487-490. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922004000600005.

O desequilíbrio entre a função dos músculos extensores e flexores do tronco é um forte indício para o desenvolvimento de distúrbios da coluna lombar. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito do método Pilates® sobre a função de extensores e flexores do tronco. Para tanto, foram selecionadas 20 pessoas (16 mulheres com idade média de 34,06 ± 7,21; quatro homens com idade média de 33,5 ± 6,68 anos) com habilidade para executar os exercícios do nível intermediário-avançado, que completaram 25 sessões durante 12 semanas. Os voluntários foram submetidos ao teste isocinético de avaliação da flexão e extensão do tronco no início e ao final do período de treinamento. A função dos extensores do tronco apresentou aumento em todos parâmetros analisados (pico de torque _ 25%, p = 0,0004; trabalho total - 28%, p = 0,0002; potência - 30%, p = 0,0002; quantidade total de trabalho - 21%, p = 0,002) em relação ao período pré-treinamento. Com relação aos músculos flexores, foi detectado discreto aumento para trabalho total (10%, p = 0,0003) e para quantidade total de trabalho (10%, p = 0,002). Analisando a razão flexor:extensor, em todos os parâmetros, foi detectada redução significativa em relação aos índices obtidos no pré-treinamento (pico de torque - 24%, p = 0,0001; trabalho total - 23%, p = 0,002; potência - 25%, p = 0,01; quantidade total de trabalho - 14%, p = 0,04). O método Pilates® (nível intermediário-avançado) mostrou-se uma eficiente ferramenta para o fortalecimento da musculatura extensora do tronco, atenuando o desequilíbrio entre a função dos músculos envolvidos na extensão e flexão do tronco.

Keywords : Treinamento; Pilates©; Músculos; Extensão; Flexão; Tronco.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese