SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue2Comparison of personality characteristics between high-level Brazilian athletes and non-athletesUse of the y-intercept in the evaluation of the anaerobic fitness and performance prediction of trained swimmers author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

On-line version ISSN 1806-9940

Abstract

CIABATTARI, Olimpia; DAL PAI, Alexandre  and  DAL PAI, Vitalino. Efeito da natação associado a diferentes dietas sobre o músculo tibial anterior do rato: estudo morfológico e histoquímico. Rev Bras Med Esporte [online]. 2005, vol.11, n.2, pp. 121-125. ISSN 1806-9940.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922005000200005.

O objetivo deste estudo foi investigar o efeito da associação de diferentes freqüências de programas de natação e dietas nas características do músculo tibial anterior. Foram utilizados 24 ratos machos Wistar. Estes foram aleatoriamente divididos em três grupos: não treinados (controle), grupo treinado (2x/sem) e grupo treinado (5x/sem). Cada grupo foi dividido em dois grupos, os quais receberam uma das dietas: normal ou hipercalórica. Depois do período de treinamento, amostras do músculo foram coletadas e congeladas a -70ºC. Cortes histológicos (8µm) obtidos em um micrótomo criostato (-20º) foram submetidos aos métodos HE e NADH-TR, m-ATPase (pH 4,4) e Sudan Black. A morfologia e o grau de hipertrofia foram avaliados usando o método do menor diâmetro. Os dados foram submetidos ao teste de variância (ANOVA-one way). As fibras musculares foram classificadas como SO, FOG e FG, apresentando um padrão de distribuição em mosaico em todos os grupos. As fibras musculares revelaram leve hipertrofia em todos os grupos. Os pesos inicial e final foram significativamente diferentes nos grupos treinados. Nos grupos treinados, especialmente no grupo de 5x/sem, as fibras musculares revelaram hipertrofia e splitting com alguns mionúcleos internos. Algumas fibras revelaram-se atrofiadas e esta observação sugeriu desnervação. O metabolismo oxidativo foi mais intenso nas fibras SO e FOG; não houve alterações na habilidade contrátil do músculo e o teor de lipídios foi intenso nas fibras SO, moderado nas FOG e fraco nas FG. O presente estudo, com este protocolo, treinamento de 2x/sem e 5x/sem, causou diferentes tipos de lesões morfológicas nas fibras. A dieta hipercalórica não causou resultados estatisticamente significantes em comparação com a dieta normal.

Keywords : Músculo tibial anterior; Natação; Dietas normal e hipercalórica.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in Englishpdf in English | Portuguese Portuguese