SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue2Effect of swimming associated with diet on the anterior tibial muscle of rats: morphological and hystochemical studyCreatine supplementation nullifies the adverse effect of endurance exercise on the subsequent strength performance author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

PAPOTI, Marcelo et al. Utilização do intercepto-y na avaliação da aptidão anaeróbia e predição da performance de nadadores treinados. Rev Bras Med Esporte [online]. 2005, vol.11, n.2, pp. 126-130. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922005000200006.

O objetivo desse estudo foi verificar a utilização do intercepto-y na avaliação da aptidão anaeróbia e predição da performance de nadadores treinados. Foram participantes do estudo 14 nadadores com idade entre 15 e 18 anos. Os atletas realizaram o teste de nado atado, performance máxima e velocidade crítica (VC) para determinação da capacidade de nado anaeróbio (CTA), todos em nado crawl em um período de três dias. 1) O teste de nado atado consistiu em realizar esforço máximo durante 30 segundos amarrado a um aparato de medição com células de carga para mensuração da força pico (Fpic), aptidão anaeróbia (APANA) e concentração de lactato pico ([la-]pic) conforme Papoti et al. (11); 2) Os participantes realizaram também performances máximas nas distâncias de 100, 200, 300, 400 e 600 m, com intervalo mínimo de duas horas entre cada nado; 3) E o teste de VC foi aplicado para determinação da CTA utilizando todas as combinações possíveis dos resultados das performances máximas, através do modelo de regressão linear entre distância versus tempo. Foi encontrada média de 25,07± 4,22 m nas 16 combinações de CTAs encontradas e coeficiente de regressão linear variando entre 0,99 e 1,00 e erro de coeficiente linear de 19,30± 5,9%. Não foram encontradas correlações significativas entre as CTAs e performances máximas, Fpic (227,81± 63,02 N), APANA (86,55± 13,05 N) e [la-]pic (6,80± 1,03 mM). Contudo, foram encontradas correlações significativas entre a APANA e as performances máximas. Desse modo, é possível concluir que a CTA representada pelo intercepto-y da relação distância versus tempo de nado, parece não ser um bom parâmetro na avaliação da aptidão anaeróbia e predição de performances entre 100 m e 600 m nado crawl.

Keywords : Capacidade de nado anaeróbio; Aptidão anaeróbia; Nado atado; Velocidade crítica; Natação.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese