SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue5The practice of sports during adolescence and physical recreational activities during adulthoodDescriptive analysis of variables theoretically associated to the risk of falls in elder women author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

MIRANDA, Humberto et al. Análise da freqüência cardíaca, pressão arterial e duplo-produto em diferentes posições corporais nos exercícios resistidos. Rev Bras Med Esporte [online]. 2005, vol.11, n.5, pp. 295-298. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922005000500010.

Atualmente, os exercícios resistidos (ER) vêm sofrendo uma série de investigações, devido à importância que atingiram no desenvolvimento do condicionamento cardiorrespiratório e neuromuscular. Para prescrição dos ER, algumas variáveis devem ser monitoradas, tais como freqüência cardíaca (FC) e a pressão arterial (PA). A associação entre FC e PA fornece dados para se obter o duplo produto (DP). Essas variáveis foram utilizadas para analisar e comparar as respostas hemodinâmicas do supino reto sentado (SRS) e o supino reto deitado (SRD), sendo realizadas 10 repetições a 65% de uma repetição máxima (1RM). A amostra foi constituída de 14 indivíduos (10 mulheres e quatro homens), idade 23 (± 4 anos), peso corporal 61 (± 7kg) e estatura 168cm (± 5cm). Como material de coleta foram utilizados freqüencímetro Polar MZ1 (Finlândia), esfigmomanômetro Vasquez-Lubry (Alemanha) e um estetoscópio Littman (EUA). Foi utilizado o teste t-Student pareado, para efeito de comparação entre os valores encontrados nas variáveis fisiológicas. A análise estatística teve como critério de significância p < 0,05. Todas as variáveis apresentaram valor médio mais alto no SRS em relação ao SRD. Foram consideradas FC, PAS, PAD e DP pré e pós-exercício. Entende-se que o valor absoluto da PA medido pelo método auscultatório tende a ser inferior àquele registrado dentro da artéria, mas, em situações de testes em exercícios com intensidades diferentes, a variação percentual da PAS apresenta a mesma tendência que o método invasivo. Concluímos, então, que os exercícios de SRS e SRD não apresentaram diferenças significativas em nenhum dos parâmetros fisiológicos estudados. Porém, no SRD observaram-se respostas um pouco abaixo destes parâmetros. Sendo assim, faz-se necessária realização de outros estudos analisando diferentes posições corporais, para que através de comparações possamos estabelecer uma conduta quanto à prescrição destes exercícios.

Keywords : Respostas hemodinâmicas; Posição corporal; Treinamento de força.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese